Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

UM ANO SEM MICKEY ROKER

29 maio 2018



O famoso baterista de jazz MICKEY ROKER um dos grandes do bebop nos deixou em 22 de maio do ano passado, aos 84 anos, após uma longa, frutífera e influente carreira que o levou a tocar com grandes nomes do jazz como "free-lance" e músico de sessões de gravação, principalmente.

Ele é mais conhecido por sua longa associação com Dizzy Gillespie onde começou no início dos anos 70, mas também desempenhou, junto a muitas outras estrelas como Herbie Hancock, Sonny Rollins, Art Farmer, Ella Fitzgerald, Oscar Peterson, Hank Jones, Bobby Hutcherson e Stanley Turrentine, por meio século.

Como criança, a família de Roker na Flórida era muito pobre e a morte de sua mãe, muito jovem, então sua avó o assumiu e mudou-se para Filadélfia, onde eles se tornaram interessados em jazz graças à influência de um tio, que comprava os discos, e a primeira bateria introduzindo Roker na cena de jazz daquela cidade. Seu primeiro herói foi o notável baterista Philly Joe Jones.

Ele passou um período no exército, que terminou em 1955, e sua carreira como baterista começou a decolar em 1957, quando sua amizade com o baixista Bob Cranshaw os levou a fazer parte de seções rítmicas de Milt Jackson, Junior Mance, Joe Williams, Horace Silver , Kenny Barron, Lee Morgan, McCoy Tyner e outros, além de tocar em muitas sessões de gravação do selo Blue Note nos anos 60 e 70.

Como baterista, ele era muito popular entre os cantores e sua associação com Nancy Wilson foi prodigiosa, também atuava com as grandes orquestras tais como Count Basie, Duke Ellington e Woody Herman,

Após o seu longo período com Dizzy Gillespie, substituiu Connie Kay no célebre conjunto Modern Jazz Quartet, tocando no último álbum MJQ & Friends: A 40th Anniversary Celebration.
Nos últimos anos de sua carreira, ele permaneceu ativo em sua cidade, Filadélfia, tocando em night clubs, gravando e acompanhando músicos como Randy Brecker, Johnathan Blake e Orrin Evans.

(traduzido e adaptado do blog Noticias de Jazz) 


Abaixo uma notável apresentação de Mickey Roker com Joe Pass, Dizzy Gillespie e Ray Brown 
BEBOP (Dizzy Gillespie) Los Angeles, 19/setembro/, 1974


ANIVERSÁRIO DE CLAUDIO RODITI - 28 de maio de 1946 – Rio de Janeiro

28 maio 2018

en; width: 530px;">


Entre os trompetistas latino-americanos que se estabeleceram nos EUA, o vencedor do prêmio Grammy e brasileiro, CLAUDIO RODITI, é para músicos, críticos e platéias de jazz, o mais importante trompetista de jazz daquela região. Com uma clara influência de Clifford Brown e Lee Morgan, ele foi músico da Orquestra das Nações Unidas de Dizzy Gillespie, tocou e gravou com McCoy Tyner, Herbie Mann, Paquito D'Rivera e Horace Silver, entre um grande número de gigantes do jazz. Ele tem 25 álbuns a seu crédito, dos quais 16 foram gravados em seu nome. 
Na homenagem abaixo podemos apreciar sua técnica, inventividade e elegância ao improvisar. O solo de piano aqui é de Helio Alves também merece ser ouvido atentamente. O baixista é Leonardo Cioglia e o baterista Duduka Da Fonseca e o tema é Gemini Man (Antônio Carlos Jobim / Claudio Roditi) do Álbum Brazilliance X4 – Gravação 25/março/ 2007 at the Rising Jazz Stars studio in Beverly Hills, California.

CRÉDITOS DO PODCAST # 415

LIDER
EXECUTANTES
TEMAS / AUTORES
GRAVAÇÕES LOCAL e DATA
DONALD BYRD
Donald Byrd (tp), Pepper Adams (sbar), Duke Pearson (pi), Laymon Jackson (bx) e Lex Humphries (bat)
CHANT (Duke Pearson)  
Live at "The Half Note", New York, 11/novembro/1960
Donald Byrd (tp), Pepper Adams (sbar), Tommy Flanagan (pi), Kenny Burrell (gt), Paul Chambers (bx), Louis Hayes (bat)
PHILSON (Pepper Adams)
New York, 1960
Donald Byrd (tp), John Coltrane (st), Walter Bishop, Jr. (pi), Wendell Marshall (bx) e Art Blakey (bat)
PRISTINE (John Coltrane) 
New York, dezembro/1957
Donald Byrd (tp), Hank Jones (pi), Eddie Jones (bx) e Kenny Clarke (bat)
AND THEN SOME
 (Oscar Cadena)
New York, 1/novembro/1955
Donald Byrd (tp), Charlie Rouse (st), Pepper Adams (sbar), Walter Davis, Jr. (pi), Sam Jones (bx) e Art Taylor (bat)
WITCHCRAFT
(Cy Coleman / Carolyn Leigh)
Hackensack, N.J., 31/maio/1959
Donald Byrd (pocket-tp), Jackie McLean (sa), Duke Pearson (pi), Doug Watkins (bx) e Lex Humphries (bat)
LOW LIFE (Johnny Mandel)
Englewood Cliffs, N.J., 4/outubro/1959
Donald Byrd (cnt), Michael Daugherty (syntetizador), Kenny Garrett (sa), Mulgrew Miller (pi), Rufus Reid (bx) e Marvin "Smitty" Smith (bat)
FLY, LITTLE BIRD, FLY
 (Donald Byrd)
New York, 22/setembro/1982
Donald Byrd (tp), Bernard McKinney (euphonium), Yusef Lateef (st), Barry Harris (pi), Alvin Jackson (bx) e Frank Gant (bat)
DANCING IN THE DARK
(Howard Dietz / Arthur Schwartz)
Detroit, MI, 23/agosto/1955
Donald Byrd (tp), Hank Mobley (st), Jerome Richardson (st,fl) Mal Waldron (pi), Kenny Burrell (gt), Doug Watkins (bx) e Art Taylor (bat)
ALL NIGHT LONG (Shelton
 Brooks / Kenny Burrell)
Hackensack, N.J., 28/dezembro/1956

ONDE ANDAM E O QUE FAZEM?

25 maio 2018

Em torno de 2008/9, em almoços entre nosso grupo, discutíamos o surgimento, no panorama musical, de alguns jovens jazzistas que estavam sendo considerados pequenos gênios na execução de seus instrumentos. Lembro-me bem do nosso encantamento com o  então imberbe pianista russo Eldar Djangirov, com o saxofonista italiano Francesco Cafiso, com a jovem cantora canadense Renée Olstead, com a igualmente jovem saxofonista "japonesa" Grace Kelly, com o cantor inglês Jamie Cullum e com a contrabaixista americana Esperanza Spalding.

Estes dois últimos, por transitarem com alguma freqüência pela música mais popular,  apoiados claro, em seu talento mas sem pudor de atuarem nas vertentes mais comerciais (não se ativeram, como os demais, exclusivamente ao jazz embora neste mantivessem suas fundações), despontaram para o sucesso, poder-se-ia dizer, emplacando um ou mais discos por ano.

Os demais, todos com alguns discos no mercado foram, no entanto, perdendo importância relativa mesmo entre nós, sendo cada vez menos citados ao longo desse tempo, e este é o motivo deste post: saberiam nossos Mestres e demais jazzófilos, como andam suas carreiras, o que andam fazendo (de bom, claro), os seus paradeiros?

Para "gênios", como eram considerados então, estranha-se bastante a pouca repercussão - se alguma -, de suas obras ou atuações no panorama atual.

Abraços!





ANIVERSARIANTES  DO  MÊS    -  JAZZ  &  OUTROS (43)
Maio 25 a 31
25      Milt Bernhart, trombone, Indiana, 1926
          Miles Davis, trumpete / composição, Illinois, 1926
          Gary Foster, saxofone.alto, Kansas, 1936
          Jimmy Hamilton, clarinete, Carolina do Sul, 1917
          Buddy Petit, trumpete, Louisiana, 1897
          Bill “Bojangles” Robinson, dança, Virgínia, 1878
          Walace Roney, trumpete, Pensilvania, 1960
          Ginny Simms, canto, Texas, 1916
          Lloyd Trotman, contrabaixo, Massachusetts, 1923
26      Vernon Alley, contrabaixo, Nevada, 1915
          Shorty Baker, trumpete, Missouri, 1914
          Gene DiNovi, piano, New York, 1928
          Lew Tabackin, saxofone.tenor, Pensilvania, 1940
          John Wayne, ator, Iowa, 1907           
          Ziggy Elman, trumpete, Pensilvania, 1914
          Calvin Jackson, piano, Pensilvania, 1919
          Peggy Lee, canto / atriz, Dakota do Norte, 1920
          Mamie  Smith, canto, Ohio, 1883
27      Dee Dee Bridgewater, canto, Tennessee, 1950
          Rufus Jones, bateria, Carolina do Sul, 1936
          Ramsey Lewis, piano, Illinois, 1935
          Albert Nicholas, clarinete, Louisiana, 1900
          Niels-Henning Ørsted-Pedersen, contrabaixo, 1946
          Gonzalo Rubalcada, piano, Cuba, 1963
          Bud Shank, saxofone.alto / flauta. Ohio, 1926
28      Dave Barbour, guitarra / composição / arranjo, New York, 1912
          “Papa” John Creach, canto / violino, Pensilvania, 1917
          Russ Freeman, piano / composição, Illinois, 1926
          Al Jolson, canto / ator, California, 1886
          Andy Kirk, saxofones / lider, Kentucky, 1898
          Tommy Ladnier, trumpete, Loouisiana, 1944
          Claudio Roditi, trumpete, Brasil, 1946
          T-Bone Walker, canto / guitarra, Texas, 1910
29      Bob Hope, ator, Inglaterra, 1903
          Freddie Redd, piano, New York, 1927
          Hilton Ruiz, piano, New York, 1952
          Dick Sabile, saxofone.alto, New Jersey, 1909
          Kenny Washington, bateria, New York, 1958
          Eugene “Gene” Wright, contrabaixo, Illinois, 1923
30      Sidney DeParis, trumpete, Indiana, 1905
          Pee Wee Erwin, trumpete, Nebraska, 1913
          Benny Goodman, clarinete / líder, Illinois, 1909
          Dave McKenna, piano, Rhode Island, 1930
          Armando Peraza, percussão, Cuba, 1924
          Frankie Trumbauer, c-melody.sax, Illinois, 1901
31      Albert Heath, bateria, Pensilvania, 1935
          Paulinho Da Costa, percussão, Brasil, 1948
          Otto Hardwick, saxofone.alto, Washington (DC), 1904
          Louis Hayes, bateria, Michigan, 1937
          Red Holloway, saxofone.alto, Arizona, 1927
                              ENCERRADO COM 2.134 DATAS DE ANIVERSÁRIOS

P O D C A S T # 4 1 5



















MÚSICO EM FOCO - DONALD BYRD




PARA DOWNLOAD DO ARQUIVO DE ÁUDIO USAR O LINK ABAIXO E CLICAR NA JANELA BAIXAR:
https://www.4shared.com/mp3/_Yl5Y_s4da/PODCAST_415_A.html

CONCURSO INTERNATIONAL VOCALISTA DE JAZZ

23 maio 2018




 A sétima competição internacional "SARAH VAUGHAN", que busca descobrir novos talentos neste gênero, já abriu inscrições para este ano. Nos primeiros anos, o concurso foi apenas para cantoras do sexo feminino, mas desde o ano passado também tem sido aberto para vocalistas masculinos e competidores de diferentes partes do mundo competiram. Os candidatos devem ter mais de 16 anos de idade e atualmente não devem ter contratos com gravadoras. Os organizadores incentivam cantores de jazz de todo o mundo a participar. Aqueles que desejam participar devem enviar três gravações de sua performance vocal no jazz e pelo menos uma delas deve ser de uma música originalmente interpretada por Sara Vaughan. As inscrições devem ser enviadas antes de 5 de setembro e, em 12 de outubro, os finalistas serão anunciados. Eles terão que cantar na frente de um grupo de juízes em novembro (todos eles conhecidos personalidades do mundo do jazz). O vencedor receberá o prêmio SASSY: US $ 5.000,00 mais um contrato para gravar com o selo Concord Music Group. Entre os vencedores dos anos anteriores estão os famosos Cyrille Aimée e Jazzmeia Horn, hoje duas das grandes estrelas do jazz.
(traduzido e adaptado do blog Noticias de Jazz)
Abaixo uma das vencedoras passada JAZZMEIA HORN  (nascida em 16 de abril de 1991) vocalista de jazz e compositora de ascendência africana, interpretando I REMEMBER YOU (Johnny Mercer / Victor Schertzinger)


 


21 maio 2018


ANIVERSARIANTES  DO  MÊS    -  JAZZ  &  OUTROS (42)
Maio 22 a 24
22      Charles Aznavour, canto, França, 1924
          Nat Adderley,Jr, piano / guitarra, Florida, 1955
          Kenny Ball, trumpete, Inglaterra, 1930
          Jackie Cain, canto, Wisconsin, 1928
          Eddie Edwards, trumpete, Louisiana, 1891
          Peter Nero, piano, New York, 1934
          Sun Ra, piano / lider, Alabama, 1914
23      Rosemary Clooney, canto / atriz, Kentucky, 1928
          John Harrington, clarinet, Colorado, 1910
          Fred Guy, banjo, Georgia, 1897
          Edgar Hayes, piano / lider, Kentucky, 1904
          Humphrey Lyttelton, trumpete, Inglaterra, 1921
          Bob Mitchell, trumpete, Alabama, 1935
          Helen O’Connell, canto, Ohio, 1920
          Ken Peplowsky, clarinete / saxofone.tenor, Ohio, 1959
          Artie Shaw, clarinet / lider, New York, 1910
          Les Spann, guitarra / flauta, Arkansas, 1932
24      Gianni Bassi, clarinete, Italia, 1931
          Max Bennett, baixo, Iowa, 1928
          Archie Shepp, saxofone.tenor, Florida, 1937
          Frank Signorelli, piano / composição, New York, 1901
          Francesco Cafiso, saxofone.alto, Sicília, 1989
                      Retornaremos para a relação final (25 a31/maio)

CRÉDITOS DO PODCAST # 414

LIDER
EXECUTANTES
TEMAS e AUTORES
GRAVAÇÕES
LOCAL / DATA
BUD POWELL
Bud Powell (pi), George Duvivier (bx) e Art Taylor (bat)
I COVER THE WATERFRONT
 (Johnny Green / Edward Heyman)
New York, 5/outubro/1956
ROSEMARY CLOONEY
Rosemary Clooney (vcl), Warren Vache (cnt), Scott Hamilton (st), Nat Pierce (pi), Cal Collins (gt), Monty Budwig (bx) e Jake Hanna (bat)
San Francisco, CA, setembro/1978
VIC DICKENSON
Ruby Braff (tp), Vic Dickenson (tb, ldr), Edmond Hall (cl), Sir Charles Thompson (pi), Steve Jordan (gt), Walter Page (bx) e Les Erskine (bat)
New York, 29/dezembro/1953
BBC BIG BAND
Nigel Carter, Brian Rankine, Mark White, Paul Eshelby (tp), Gordon Campbell, Russell Howarth, Eddie Lorkin, Kenny Hamilton (tb), Barry Robinson, Clive Hitchcock, Vic Ash, Iain Dixon, Dennis Walton  (saxes, cl), Andy Vinter (keyboards), Graham Atha, Len Walker (gT), Roy Babbington (bx), Mike Smith (bat), Jim Lawless (perc) e Barry Forgie (direção)
LEAVE US LEAP
(Edwin Fischer) 
 Live at International Buda Stage, Budapest, outono/1997
MICHAEL DEASE
Roy Hargrove (tp), Claudio Roditi (flh), Michael Dease (tb), Sharel Cassity (sa), Eric Alexander (st), Cyrus Chestnut (pi), Mark Whitfield (gt), Yotam Silberstein (gt), Rufus Reid (bx), Gene Jackson (bat) e Roger Squitero (perc)
DISCUSSÃO
 (Antônio Carlos Jobim / Newton Mendonça)
South Orange, N.J., 11/dezembro/2009
CHICK COREA
Chick Corea (pi), Stanley Clarke (bx), Bill Connors (gt) e Lenny White (bat)
ON GREEN DOLPHIN STREET
 (Bronislaw Kaper / Ned Washington)
Blue Note do Japão no Monterey Jazz Festival, Monterey, CA em 1/setembro/2009
DON STIERNBERG
Don Stiernberg (bandolim), Jeff Jenkins (gt) e Rusty Holloway (bx)
ALL OF ME
(Gerald Marks / Seymour Simons) 
New York, 2010
IDRISS BOUDRIOUA
Kenny Barron & The Brazilian Knights - Idriss Boudrioua (sa), Kenny Barron (pi), Lula Galvao (gt), Sergio Barrozo (bx) e Rafael Barata (bat)
RAPAZ DE BEM
(Johnny Alf)
Rio de Janeiro, 11/junho/2012
LEE MORGAN
Lee Morgan (tp), Julian Priester (tb), George Coleman (st), Harold Mabern (pi), Walter Booker (bx) e Mickey Roker (bat)
FREE FLOW
(George Coleman)
Englewood Cliffs, N.J., 10/outubro/1969
ROY HARGROVE
Roy Hargrove (tp, vcl) Frank Greene, Greg Gisbert, Darren Barrett, Ambrose Akinmusire (tp), Jason Jackson, Vincent Chandler, Saunders Sermons (tb), Max Seigel (b-tb), Bruce Williams, Justin Robinson (sa), Norbert Stachel, Keith Loftis (st), Jason Marshall (sbar), Gerald Clayton (pi), Saul Rubin (gt), Danton Boller (bx), Montez Coleman (bat) e Roland Guerrero (perc)
SEPTEMBER IN THE RAIN
(Al Dubin / Harry Warren)           
Hollywood, CA, 17/junho/2008
MILT JACKSON
Milt Jackson (vib, ldr), Clark Terry (tp,flh), Eddie "Lockjaw" Davis (st), Monty Alexander (pi), Ray Brown (bx) e Jimmie Smith (bat)
SLIPPERY
(Ray Brown) 
Jazz Festival, Montreux, Suiça, 13/julho/1977

P O D C A S T # 4 1 4

18 maio 2018

ROSEMARY CLOONEY

DON STIERNBERG 



PARA DOWNLOAD DO ARQUIVO DE ÁUDIO USAR O LINK ABAIXO E CLICAR NA JANELA BAIXAR:

17 maio 2018


ANIVERSARIANTES  DO  MÊS    -  JAZZ  &  OUTROS (41)
Maio 16 a 21
16      Betty Carter, vocal, Michigan, 1930
          Billy Cobham, bateria, Panamá, 1944
          Friedrich Gulda, piano, Austria, 1930
          Woody Herman, clarinete / líder, Wisconsin, 1913
          Pete Jacobsen, piano, Inglaterra, 1950
          Liberace (Wladziu Valentino Liberace), piano, Wisconsin, 1919
          Michael Moore, contrabaixo, Ohio, 1945
17      Jackie McLean, saxofone.alto, New York, 1932
          Bob Merrill, composição, New Jersey, 1921
          Esa Pethman, saxofone.tenor, Finlandia, 1938
          John Picardi, trombone, Inglaterra, 1934
          Paul Quinichette, saxofone.tenor, 1916
          Dewey Redman, saxofone.tenor, 1931
          Joe Roland, vibrafone, New York, 1920
          Warren Smith, trombone, West Virginia, 1908
          Peter Trunk, contrabaixo, Alemanha, 1936
18      Lou Bennett, órgão, Pensilvania, 1926
          Perry Como, canto, Pensilvania, 1912
          “Pops” Foster, contrabaixo, Louisiana, 1892
          Al Hewitt, piano / órgão / guitarra / banjo, Colorado, 1909
          Jim McNeely, piano, Illinois, 1949
          Charles Trenet, canto / composição, França, 1913
          “Big Joe” Turner, canto, Montana, 1911  
19      Georgie Auld, saxofone.tenor, Canadá, 1919
          Sonny Fortune, saxofone.alto, Pensilvania, 1939
          Monette Moore, canto, Texas, 1902
          Cecil McBee, contrabaixo, Oklahoma, 1935
          Richard Teitelbaum, composição, New York, 1939
20      Cher, vocal, California, 1946
          Bob Florence, piano / lider, California, 1932
          Tommy Gumina, acordeão, Wisconsin, 1931
          James Stewart, ator, Indiana, 1908
          Dino Saluzzi, bandoneom, Argentina, 1935
          Louis Smith, trumpete / lider,Tennessee, 1931
          Jimmy Stewart, ator, Indiana, 1908
21      Bill Barber, tuba, New York, 1920
          Joe Byrd, contrabaixo, Virginia, 1933
          Bill Holman, saxofone.tenor / composição / arranjo / lider, California, 1927
          Lawrence Marable, bateria, California, 1929
          Christian McBride, contrabaixo, Pensilvania, 1972
          Thomas “Fats” Waller, piano / composição / canto, New York
          Bill Barber, tuba, New York, 1920
                      Retornaremos

MEXENDO NA DISCOTECA OU THE CHET I LOVE.

16 maio 2018


Em uma nova passada pela minha discoteca deparei com um álbum de uma escola com a qual sempre fui encantado, a West Coast. Só tinha “cobra” lá. Um som fino, requintado, e eu até diria, hipnotizante. As formações das bandas, os arranjos, as linhas melódicas transformaram esta escola, em minha opinião, em um dos estilos do Jazz mais charmoso. Passando pelos Lps na estante, encontrei um que, me lembro bem, ouvi muitas, muitas vezes. Chet Baker & Crew. Se você quisesse conquistar uma garota era só colocar o Chet na “vitrola” e zas. Era garantido. Junto com o vinho e o papo vinha aquele som de fundo, envolvente, aveludado e único.
Os solos em todo o álbum são muito bem construídos, como os do Phil Urso que, aliás, preciso ouvir mais, e os do Bobby TImmons, que sempre foi um dos meus pianistas preferido, sem falar do próprio Chet.
Este vinil foi gravado no Forum Theatre em julho de 1956 em Los Angeles com:    
Bass – Jimmy Bond
Drums – Peter Littman
Piano – Bobby Timmons
Tenor Saxophone – Phil Urso
Timpani [Chromatic] – Bill Loughbrough* (tracks: 1, 9, 12)
Trumpet – Chet Baker
Deixo abaixo a faixa intitulada “Medium Rock” e espero que vocês gostem.
Forte abraço.




RECORDANDO JOE TEMPERLEY

15 maio 2018



 Um dos mais proeminentes e admirados saxofonistas barítonos de jazz nos deixou há dois anos (11 de maio), aos 86 anos de idade.
JOE TEMPEREY, escocês de origem, passou grande parte de sua vida nos EUA, onde tocou em inúmeros grupos e grandes bandas. Ele começou sua carreira na Inglaterra tocando com a banda do famoso trompetista Humphrey Littelton. Em 1965 mudou-se para Nova York, onde teve uma boa recepção imediata.

Nessa década e na próxima, entre as orquestras com as quais ele atuou em concertos e gravações, incluem-se: Thad Jones-Mel Lewis, Buddy Rich, Woody Herman e Jazz Composer´s Orchestra. 

Em 1974, ele substituiu o aclamado Harry Carney na Orquestra Duke Ellington (falecido a 8 de outubro). Depois disso, Temperley foi figura cativa no assento do sax barítono na Jazz at Lincoln Center Orchestra, dirigida por Wynton Marsalis (com o qual pouco antes de morrer compartilhou solos e com as novas gerações como por exemplo - Melissa Aldana). Temperley ficou com esse grupo por 30 anos.
Em outubro de 2015, a Jazz at Lincoln Center Orchestra, prestou homenagem em reconhecimento ao seu talento e ao longo tempo com esse grupo.

Seu som ao sax barítono e seu jeito de improvisar, era muito pessoal, com destaque para a beleza e o calor de suas frases. É fácil reconhecer quando você está ouvindo e não confundi-lo com um punhado de outros saxofonistas barítonos que se destacaram em jazz, como Harry Carney, Serge Chaloff, Gerry Mulligan, Pepper Adams, Ronnie Cuber, Gary Smulyan ou John Surman.

Temperley, que foi eleito várias vezes como o "melhor saxofonista barítono" para várias revistas, foi um grande promotor da educação musical no campo do jazz e ensinou na famosa Escola de Estudos de Jazz da Juilliard.



(traduzido e adaptado do blog Noticias de Jazz)

CRÉDITOS DO PODCAST # 413

14 maio 2018

LIDER
EXECUTANTES
TEMAS / AUTORES
GRAVAÇÕES LOCAL e DATA
SONNY CRISS
Sonny Criss (sa), Kenny Drew (pi), Barney Kessel (gt), Bill Woodson (bx) e Chuck Thompson (bat)
CRISS CROSS
(Thelonious Monk) 
Los Angeles, 26/janeiro/1956
PAUL KUHN
Paul Kuhn (pi), John Clayton (bx) e Jeff Hamilton (bat)
YOU’VE CHANGED
(Carl Fischer)   
Los Angeles, 9/novembro/2011
PAULO MOURA
Paulo Moura (sa), Wagner Tiso (pi), Luiz Carlos (bx) e Pascoal Meirelles (bat
YARBIRD SUITE
(Charlie Parker) 
Rio de Janeiro, 1960
WALTER PAGE
James Simpson, Hot Lips Page (tp), Dan Minor (tb), Buster Smith (cl,sa), Ted Manning (sa), Reuben Roddy (st), Charlie Washington (pi), Reuben Lynch (gt),Walter Page (bx, ldr), Alvin Burroughs (bat) Jimmy Rushing (vcl)
SQUABBLIN' (Count Basie)
Kansas City, 10/novembro/1929
WDR BIG BAND
Henning Berg, Roy Deuvall, Bernt Laukamp, Dave Horler (tb), Rob Bruynen, Andy Haderer, Klaus Osterloh, Rick Kiefer, John Marshall (tp), Olivier Peters, Rolf Römer (st), Harold Rosenstein, Heiner Wiberny (sa), Jens Neufang (sbar), Frank Chastenier (pi), Ray Brown (bx) e Jeff Hamilton (bat)
BATTLE ROYAL
(Duke Ellington)
Kolner Philharmonie, Cologne, Alemanha, 5/junho/1994
JOE ALBANY
Joe Albany (pi) e Niels-Henning Orsted Pedersen (bx)
BIRDTOWN BIRDS
 (Joe Albany)
Copenhagen, Dinamarca, 17/fevereiro/1974
JIMMY WITHERSPON
Jimmy Witherspoon (vcl), Ray Copeland (tp), J.C. Higginbotham (tb), Hilton Jefferson (sa), Seldon Powell (st), Haywood Henry (sbar), Jay McShann (pi), Kenny Burrell (gt), Gene Ramey (bx), Mousie Alexander (bat) e Budd Johnson (arranjo, condução)
CONFESSIN' THE BLUES
 (Walter Brown / Jay McShann)
New York, 4/dezembro/1957
ELAINE MILES
Elaine Miles (vcl), Loyal McVoy (violão)
IF I ONLY HAD A HEART
(Harold Arlen / E.Y. Harburg)
Los Angeles, 2003
BOB HAMILTON
Bob Hamilton (pi), Jeff D'Angelo (bx) e Duncan Moore (bat)
I CAN'T REMEMBER A THING
 (Bob Hamilton)
New York, 2007
RAY BARRETTO 
New World Spirit : Michael Philip Mossman (tp,tb), Adam Kolker (st,ssop), John Di Martino (pi), Jairo Moreno (bx), Vince Cherico (bat), Ray Vega (perc) e Ray Barretto (cga, ldr)
CARAVAN (Juan Tizol)
New York, 9/abril/1997
ARI BROWN
Ari Brown (st), Kirk Brown (pi), Yosef Ben Israel (bx) e Avreeayl Ra Avriil (bat)
ONE FOR KEN (Ari Brown)
Chicago, 15/maio/2013
GRANT GREEN
Joe Henderson (st), Bobby Hutcherson (vib), Duke Pearson (pi), Grant Green (gt, ldr), Bob Cranshaw (bx) e Al Harewood (bat)
NOMAD (Chico Hamilton) 
Englewood Cliffs, N.J., 4/novembro/1963