Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Mario Vieira (Manim), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).


BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

CRÉDITOS DO PODCAST # 475

21 julho 2019

LIDER
EXECUTANTES
TEMAS / AUTORES
GRAVAÇÃO  LOCAL / DATA
CONRAD HERWIG
Randy Brecker (tp), Conrad Herwig (tb), Richie Beirach (pi), Ron McClure (bx) e Adam Nussbaum (bat)
THE AMULET (Conrad Herwig)
New York, 9/abril/1991
WARM SUNDAY (Ron McClure)
BARNEY KESSELL
Barney Kessel (gt), Ray Brown (bx) e Shelly Manne (bat)
DOODLIN' (Horace Silver)
Los Angeles, 1/setembro/1960
THIS HERE (Bobby Timmons)
TUBA SKINNY
Shaye Cohn (cornet, ldr), Barnabus Jones, Jason Lawrence (tb), Ewan Bleach (cl), Todd Burdick (tuba), Max Bien Kahn (gt), Greg Sherman ( bj) e Robin Rapuzzi (washboard)
JUBILEE STOMP
 (Duke Ellington)
New Orleans 04/julho/2018
TOM CAT BLUES
(Jelly Roll Morton)
TERRY POLLARD 
Don Fagerquist (tp), Terry Pollard (pi, ldr), Howard Roberts (gt), Herman Wright (bx) e Frank DeVito (bat)
ALMOST LIKE BEING IN LOVE
 (Alan Jay Lerner / Frederick Loewe) 
Los Angeles, 10/janerio/1955
FEDJ  (Terry Pollard)
SYLVIA SYMS
Sylvia Syms (vcl), Barbara Carroll (pi), Joe Shulman (bx) e Herb Wasserman (bat)
IMAGINATION
(Johnny Burke / James Van Heusen)
New York, 8/março/1952
LOVE WALKED IN 
(George Gershwin / Ira Gershwin)
CHARLIE ROUSE 
Charlie Rouse (st), Billy Gardner (pi), Peck Morrison (bx) e Dave Bailey (bat)
BILLY'S BLUES (Charlie Rouse)
New York, 20/dezembro
/1960
ROUSIN' (Charlie Rouse)
STEVE DAVIS
Joshua Bruneau (tp,flh), Steve Davis (tb), Wayne Escoffery (st), Xavier Davis (pi), Dezron Douglas (bx) e Jonathan Barber (bat)
SUBTLETY (Steve Davis) 
New York, 2018

P O D C A S T # 4 7 5

19 julho 2019


TUBA SKINNY   - STREET BAND FROM NEW ORLEANS 



CONRAD HERWIG 





PARA BAIXAR O ARQUIVO DE ÁUDIO USAR O LINK ABAIXO E CLICAR EM BAIXAR


RECORDANDO CHARLIE HADEN, CINCO ANOS ...

15 julho 2019

  

Lembramos do lendário baixista e compositor de jazz CHARLIE HADEN, que morreu há cinco anos, aos 76 anos de idade, após uma doença prolongada.
O último álbum que ele gravou foi com Keith Jarrett, um duo, nos estúdios da casa deste último. Significativamente, o álbum é chamado de "The Last Dance" e o último tema dele é intitulado "Goodbye".
Haden chegou à fama como membro do grupo de Ornette Coleman definido nos anos 50 e também foi um membro chave dos pequenos grupos de Keith Jarrett nos anos 70. Anteriormente, em 1969, fundou a banda com fortes conotações políticas com a pianista Carla Bley, a - "Liberation Music Orchestra".

Na segunda metade dos anos 80, Haden formou seu aclamado grupo - "Quartet West", de imenso sucesso comercial e crítico.
Haden se destacou por sua imensa simpatia e solidariedade às lutas latino-americanas por justiça e liberdade. Em uma ocasião, ele foi preso em Portugal por dedicar sua composição "Song for Che" aos separatistas e anticolonialistas africanos.
Mas além da ideologia e compromisso, Charlie Haden será lembrado como um dos maiores baixistas da segunda metade do século XX, tendo colaborado com muitos dos grandes nomes do jazz, especialmente de tendência "avant-garde" e outros incluem Joe Lovano, Freddie Hubbard, John Coltrane, Gonzalo Rubalcaba, Dizzy Gillespie, Lee Konitz e pop figuras proeminentes tais como Yoko Ono e Ringo Starr.
Haden recebeu o prêmio "Jazz Masters" da NEA em 2012, bem como várias outras honrarias de prestígio.
Sua discografia totaliza cerca de 80 álbuns, dos quais 25 registrados como líder.

(traduzido e adaptado do blog Noticias de Jazz)


QUEM TEM MEDO DO ERROLL GARNER.

Oi turma.
O Jazz sempre me proporcionou uma gama enorme de pianistas maravilhosos que curto até hoje e não me canso de estar sempre apreciando as suas interpretações. Nas reuniões que participei na casa de amigos o Erroll nunca foi uma preferência da maioria. Muitas críticas sobre o toque da mão esquerda, que alguns chamavam de "batuque", e algumas restrições quanto as suas improvisações, que diziam eles, muito "pobres".  Eu nunca concordei totalmente com isso e curtia muito, como curto até hoje. É verdade que a mão esquerda não tinha muita liberdade de movimentos mas no meu entender não "atrapalhava" em nada a execução dos temas. Dando uma passeada pela Net encontrei a gravação abaixo e coloco aqui para vocês. 
Gravação ao vivo na Salle Pleyel em 12 de junho de 1962.

Créditos:
Erroll Garner (p)
Eddie Calhoun (bs)
Kelly Martin (bt)

Erroll's Theme
Where Or When 
Autumn Leaves 
They Can't Take That Away From Me 
Some Of These Days
Mambo Erroll 
I Cover The Waterfront
Back Home Again In Indiana 
Laura 
You Do Something To Me 
Erroll's Theme 





CRÉDITOS DO PODCAST # 474

14 julho 2019

LIDER
EXECUTANTES
TEMAS / AUTORES
GRAVAÇÕES LOCAL e DATA
GREG MURPHY
Greg Murphy (pi), Eric Wheeler (bx) e Kush Abadey (bat)
SOLAR (Miles Davis)
Astoria, NY, 7/janeiro/2016
JANUSZ CARMELLO
Janusz Carmello (tp), Brian Kellock (pi), John Hartley (bx) e Tony McLennan (bat)
JOY SPRING (Clifford Brown)
Edinburgh, Escócia, 2/junho/1989
HUMPHREY LYTTELTON
Humphrey Lyttelton (tp), Wally Fawkes (cl), Bruce Turner (sa), Johnny Parker (pi), Freddy Legon (bj), Micky Ashman (bx) e George Hopkinson (bat)
MEMPHIS SHAKE 
(Henry Clifford) 
Live at Concert "Conway Hall", Londres, 2/setembro/1954
KIKO CONTINENTINO
Kiko Continentino (piano), Luiz Alves (contrabaixo) e Clauton Sales (bateria)
BANANADAS (Nelsinho)
Rio de Janeiro, 2011
KARRIN ALLYSON
Karrin Allyson (vcl), Stan Kessler (tp), Kim Park (st), Paul Smith (pi), Bob Bowman (bx e, Todd Strait (bat)
YARDBIRD SUITE
(Charlie Parker)
Kansas City, 16/novembro/1994
ARMAND JOHN PIRON
Peter Bocage (tp), John Lindsay (tb), Lorenzo Tio, Jr. (cl), Louis Warnick (sa), Steve Lewis (pi), Charles Bocage (bj), Armand J. Piron (violino), Bob Ysaguirre (tu) e Louis Cottrell, Sr. (bat)
DO DOODLE OOM
(Porter Grainger / Fletcher Henderson)
New York, 8/janeiro/1924
LORRAINE DESMARAIS
Ajocelyn Couture, Ron Di Lauro, Jocelyn Lapointe (tp), Aron Doyle (flh), Muhammad Abdul Al-Khabyyr, Richard Gagnon, David Grott (tb), Bob Ellis (b-tb), David Bellemare, Jean-Pierre Zanella (sa), Richard Beaudet, Andre Leroux (st), Jean Frechette (sbar), Lorraine Desmarais (pi,arranjo), Frederic Alarie (bx) e Camil Bélisle (bat)
BLUES 12
 (Lorraine Desmarais)
Montreal, Canadá,15/fevereiro/2009
OSCAR PETTIFORD 
Julius Watkins (fhr), Phil Urso (st), Walter Bishop, Jr. (pi) Oscar Pettiford (cello) Charles Mingus (bx) e Percy Brice (bat)
JACK THE FIELDSTALKER
 (Oscar Pettiford)
New York, 29/dezembro/1953
JIMMY HALL
Larry Byrom (gt), Jimmy Hall (vcl), Clayton Ivey (teclados), David Hood (bx) e Jonathan Dees (bat),
I FOUND A TRUE LOVE
(Buddy Guy / Bobby Womack / Reggie Young)
New York, 2007
ARTURO SANDOVAL 
Arturo Sandoval (tp), Shelly Berg (pi), Wayne Bergeron, Daniel Fornero, Willie Murillo, Gary Grant (tp, flh), Chuck Berghofer (bx), Gary Burton (vibes), Ed Calle, Rob Lockart, Bob Sheppard (st), Brian Scanlon (cl, st), Rusty Higgins, Zane Musa (sa), Greg Huckins (sbar), Dan Higgins Eddie Daniels (cl), Steven Holtman, Andrew Martin, Bob McChesney, Bruce Otto (tb), Craig Gosnell (b-tb), Dustin Higgins (gt), fl), Brian Nova(gt), Joey de Leon, Munyingo Jackson (perc), Carlitos Del Puerto (bx), Gregg Field (bat), Gordon Goodwin (arranjo)
SALT PEANUTS

(Dizzy Gillespie / Kenny Clarke)
New York,abril/2011
HAL GALPER
Hal Galper (pi), Dave Holland (bx) e Bill Goodwin (bat)
INNER JOURNEY (Hal Galper)  
New York/1973
GERALD WILSON
Bobby Rodriguez, Winston Byrd, Jeff Kaye, Ron Barrows, Rick Baptist (tp), Sean Jones (tp,flh), Randall Kelso, Randall Willis (sa), Carl Randall, Kamasi Washington, Louis Taylor (st), Terry Landry (sbar) Brian O'Rourke (pi), Anthony Wilson (gt), Trey Henry (bx), Mel Lee (bat) e Gerald Wilson (condução,arranjo)
CASS TECH (Gerald Wilson)
Los Angeles, 2009

I LOVE A BIG BAND

13 julho 2019

Oi turma.
Se tem um som que me "cativa" no Jazz é o som de uma Big Band. E só eu sei quantas ouvi. O impacto dos metais sempre com belos e elaborados arranjos e, no fundo, o apoio da turma do piano, baixo, guitarra e bateria. Me empolga muito o uníssono dos saxes embalando meus ouvidos e me deliciando com suas "ondas" melódicas. Gente, eu adoro uma Big Band. Num dos meus passeios pela Net encontrei a banda do Dick Meldonian. Mais uma Big Band que me encantou muito e eu trago para vocês uma faixa do album intitulado "Dick Meldonian Swing Gene Roland Arrangements". É um cd da Circle, gravado em 1982,  e a banda vem com a seguinte formação: 
Baritone Saxophone, Bass Clarinet – Dick Bagni
Bass – Frank Tate
Drums – Frederic Stoll
Guitar – Marty Grosz
Piano – Derek Smith
Soprano Saxophone, Tenor Saxophone – Dick Meldonian
Tenor Saxophone – Arthur Sharp, Chuck Fisher, Cliff Hoff, Gary Klein
Trombone – Bob Pring
Trumpet – John Eckert, John Glasel, Paul Cohen, Phil Sunkel 
Tema: Manhattan





P O D C A S T # 4 7 4

12 julho 2019

KARRIN ALLYSON
GREG MURPHY 

JANUSZ CARMELLO 


ARMAND JOHN PIRON BAND



PARA BAIXAR O ARQUIVO DE ÁUDIO USAR O LINK ABAIXO E CLICAR EM BAIXAR 
https://www.4shared.com/mp3/Kgdc1zFMgm/PODCAST_474.html

CRÉDITOS DO PODCAST # 473

07 julho 2019

LIDER
EXECUTANTES
TEMAS / AUTORES
GRAVAÇÃO
LOCAL /DATA
HANK MOBLEY
Lee Morgan (tp), Curtis Fuller (tb), Hank Mobley (st), Billy Root (st, sbar), Ray Bryant (pi), Tommy Bryant (bx) e Specs Wright (bat)
WALKIN’ 
 (Miles Davis / Richard Carpenter)
Live at  "Birdland", New York, /1958
THERE WILL NEVER BE ANOTHER YOU
 (Harry Warren / Mack Gordon)
ALL THE THINGS YOU ARE
(Oscar Hammerstein II / Jerome Kern)
BAG'S GROOVE (Milt Jackson)
IT'S YOU OR NO ONE
(Sammy Cahn / Jule Styne)
JAMPH (Curtis Fuller)
NUTVILLE (Horace Silver)
WEE [Allen's Alley] 
(Denzil Best)

ADEUS A JOÃO GILBERTO





Aos 88 anos morre, João Gilberto, um dos principais pioneiros da "bossa-nova", uma mistura de jazz e samba, que se espalhou pelo mundo no início dos anos 60. Um magnífico vocalista desse gênero, Gilberto teve uma enorme influência em sua maneira de tocar o violão e cantar.
João Gilberto fez parte dos "criadores" da bossa nova junto com os geniais compositores Antônio Carlos Jobim, Vinicius De Moraes e outros, cujo novo estilo atraiu a atenção de público e críticos além das fronteiras do Brasil.
No jazz a revista Down Beat comentou favoravelmente o primeiro álbum de João Gilberto no início dos anos 60, antes dele saltar para a fama e, posteriormente, aclamado músico de jazz Stan Getz gravou seu famoso álbum "Getz / Gilberto", que tinha recordes mundiais de vendas. Nesse ponto, Gilberto já havia gravado vários álbuns no Brasil.  

A parceria com Stan Getz foi fortalecida e muito proveitosa. Getz também se juntou para gravações, shows e turnês com o próprio Antonio Carlos Jobim e com Astrud Gilberto, a esposa de João . 

Essa foi a época que mais ligou João Gilberto ao jazz, graças a Stan Getz, mas deve ficar claro que a maior e mais duradoura influência sobre esse gênero foi a do compositor, pianista, cantor e violonista Antonio Carlos. Jobim, considerado um dos grandes compositores do século XX, muitas de suas composições fizeram parte do repertório de Gilberto.

(Traduzido e adaptado do blog Noticias de Jazz)


P O D C A S T # 4 7 3

05 julho 2019


JAZZ IN CONCERT 
HANK MOBLEY SEPTET AT BIRDLAND




 

PARA BAIXAR O ARQUIVO DE ÁUDIO USAR O LINK ABAIXO E CLICAR EM BAIXAR

https://www.4shared.com/mp3/wmzlIijsfi/PODCAST_473.html


EM ANDAMENTO O MAIOR FESTIVAL DE JAZZ DO MUNDO

01 julho 2019











FESTIVAL INTERNACIONAL DE JAZZ DE MONTREAL criado há 40 anos, os canadenses orgulhosos, durante anos, estabeleceu-se como o maior e mais importante festival de jazz da atualidade. Mais de dois milhões de fãs de jazz de todas as idades irão participar deste evento anual, de mais de 30 países, transformando a cidade em uma grande família musical.
A maior parte do tráfego do centro da cidade é fechado, a fim de levantar vários palcos ao ar livre, além de teatros são adicionados, clubes e estabelecimentos de ensino. É assim que eles podem programar, por 10 dias, a participação de milhares de músicos em mais de 800 apresentações. Funciona entre 26 de junho a 6 de julho.
Este ano, entre centenas de músicos alguns citados abaixo, destacam-se em ordem alfabética:
Aaron Gldberg, Black Water, Allison Miller, Ambroase Akinmusire, Antonio Samchez, Bahamas, Beth Mackenna, Bobo Stenson, Brad Mehldau, Brian Blade, Chick Corea, Christian McBride, Christian Scott, Christine Jensen, Chucho Valdes, Colin James, Cyrille Aymée, Danilo Perez, Dianne Reeves, Edmar Castaneda, Elizabeth Hanley, Frank Lozano, Jane Bunnette, Jerry Bergonzi, John Pizzarelli, Joshua Redman, Juan Carmona, Kurt Elling, Manteca, Marie Christine, Marc Copland, Melissa Aldana, Melody Gardot, Norah Jones, Omara Portuondo, Preservation Hall Jazz Band, Ravi Coltrane, Richard Galliano, Roberto Fonseca, Ron Carter, Steve Gadd, Tord Gustavsen.
Todas as manhãs, às 11 horas, são apresentadas diferentes grandes bandas de escolas secundárias e universidades do Canadá e dos EUA. Durante o dia também há seminários, workshops, palestras e exposições de jazz. Todas as noites há inúmeras "jam sessions" em diferentes lugares.

(traduzido e adaptado do blog Noticias de Jazz)