Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Mestre Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Mario Vieira (Manim), Luiz Carlos Antunes (Mestre Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (Mestre MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).


BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

P O D C A S T # 4 4 6

28 dezembro 2018















MÚSICO EM FOCO BOB BROOKMEYER




PARA BAIXAR O ARQUIVO DE ÁUDIO USAR O LINK ABAIXO E CLICAR EM BAIXAR

8 comentários:

Edison Junior disse...

Grande programa, fechando com chave de ouro mais um ano brilhante de nosso podcast favorivo.
Um grande abraço e um super 2019 para todos nós.

Carlos Tibau disse...

Amigo Major
Obrigado pelo post. Sempre fui muito fã do Brookmeyer.
Forte abraço

Anônimo disse...

Excelente trombonista e ótima seleção. aproveito para desejar um ano novo cheio de conquistas e que Deus lhe dê saude e paz e que continue com seu maravilhoso trabalho no jazz com os programas no blog. Grande abraço Major.

Anônimo disse...

Esqueci de assinar Carlos Lima fã incondicional dos podacasts

pedrocardoso@grupolet.com disse...

Mais que estimado MARIO JORGE:
Belo "pod" e que 2019 te proporcione junto a D LUCIA e prole muita saúde, paz e sucesso pessoal e profissional.
Que sigam os "pod's", sempre muito bem recheado de música de qualidade - já são quase, quem diria, 500 ! ! !

pedrocardoso@grupolet.com disse...

Em tempo - "sempre muito bem recheados..."

Nelson disse...

Bob Brookmeyer lembra muito o meu i8nicio de jazzófilo, nos anos 50 do século passado. Juntamemnte com Wilfried Berk e Paolo Nardi, fomos à casa de "Mr.Jones" (Raimundo Flores da Cunha), de saudosa memória.
Wilfried e Paolo estudavam clarinete com Mestre Jaioleno, no Conservatório Nacional de Música do Rio de Janeiro.
Raimundo nos apresentou, numa noite de sábado, ao "Quarteto sem Piano" de Mulligan. Abriu (ainda lacrado de novo, importado) o LP original do "Concerto de Paris" .
Ficamos deveras impressionados com a atuação de Bob Brookmeyer, em contracanto com Mulligan, em uníssonos e terças e, no seu desempenho como segundo solista no grupo.
Nunca esqueci a representatividade daquela "jam", na minha senda no jazz.
Paolo e Wilfried tornaram-se profissionais. Mais tarde, Paolo trocou seu desempenho do clarinete para o oboé e, foram para a Europa (Itália e Alemanha)onde foram viver suas musicalidades, após terem deixado nossos bons momentos de juventude em Niterói (RJ)
A vc, meu bom e velho amigo Mário, obrigado pelas escolhas desse grande musico que foi Brookmeyer.

Um abraço, agora já de Ano Novo de 2019.
Do
"Nels"

MARIO JORGE JACQUES disse...

Muito obrigado a todos vocês pelos comentários e um feliz ano com muito jazz e podcasts. Grande abraço a todos