Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

A PARKER JAPONESA

25 março 2011

A grande surpresa que a Internet me forneceu foi uma saxofonista japonesa de nome SAORI YANO. Não tenho seus dados biográficos mas o que ela toca é o suficiente para concluirmos tratar-se de uma das mais perfeitas discípulas do be-bop, com a inflluência maior de Charlie Parker e algumas pinceladas em Benny Carter e Lee Konitz.

Suas gravações dos originais de bop são maravilhosas em termos de sonoridade, técnica e bom gosto nas improvisações. A meu juízo, uma jazzwoman perfeita.

Um comentário:

Nelson disse...

É Lula !!!!

A menina ouviu e aprendeu Parker. Uma pena que nas faixas "Dona Lee" e "A Night in Tunisia" o contrabaixista "empobreça" o quarteto. Bem que ele podia ouvir mais o meu xará - Nelson Boyd - ou mesmo o Curly Russel, para dar melhor "sonoridade da cozinha" de autêntico bop, para suporte à menina.
Boa descoberta essa.
Abçs.
Nelson Reis