Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

Japão - Vida Que Segue

27 março 2011

Bill Mays escreveu do Japão onde está num tour com o Phil Woods Quintet. (Mays, piano; Woods, alto saxophone; Brian Lynch, trumpet; Steve Gilmore, bass; Bill Goodwin, drums).

Apesar dos terremotos, tsunami e radiação, comida e água potável não são problema em Tóquio, como também o transporte está normal. Os níveis de radiação estão bem baixos, Mays disse que sentiram 5 ou 6 pequenos tremores. As ruas estão mais vazias, mas a vida da cidade parece ser normal.

Os concertos estão lotados, mesmo com um preço de mais de 100 dólares. Os japoneses adoram música e houveram muitos cancelamentos de apresentações.

Em Yokohama foi um sucesso, havia uma fila de saxofonistas alto para que Phil Woods autografasse seus cases, a maioria mulheres.

3 comentários:

Andre Tandeta disse...

Bom saber. E mesmo adorando musica como estão nessa situação de catastrofe , eu ja tinha deduzido que houve concertos cancelados.
Os japoneses são um exemplo pra nos.

apostolojazz disse...

Bela e boa notícia !
Saber que nenhum desastre interrompe a cultura, é um bálsamo.

Anônimo disse...

E ainda refazem uma estrada em 6 dias. Como disse um cara hoje no Twitter, "aqui nem limpam a bunda em 6 dias"...
Aquilo lá é uma civilização. Isso aqui é ...., deixa pra lá!
Mau Nah