Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

MORREU O PIANISTA EDDIE HIGGINS

03 setembro 2009

Alertado pelo comentário de Érico Cordeiro sobre o falecimento de Eddie Higgins, pesquisamos na Internet algumas notas sobre o pianista. Ele nasceu em Cambridge, Massachussets em 21 de fevereiro de 1932. Iniciou seus estudos com sua mãe e mais tarde na universidade. Começou tocando em alguns “night clubs” de Chicago e mais tarde no London House. Liderou vários grupos de trio a quinteto e gravou com Coleman Hawkins e Freddie Hubbard. Fundou a Dunwich Records e fez muito sucesso no Japão através gravações editadas pela Venus Records. Era casado com a cantora Meredith D’Ambrosio. Higgins faleceu em 31 de agosto de causa não revelada. Como sempre acontece por aqui, a divulgação do trabalho de Higgins foi nenhuma. Que se saiba nenhum de seus discos foi editado no Brasil. Uma pena !
RIP

4 comentários:

JoFlavio disse...

Great llulla

Conheço o trabalho do Higgins e tenho alguns CDs dele. Confesso, porém, que seu estilo, conservador e previsível, nunca me agradou - mera questão de gosto pessoal. Mas a morte de qualquer jazzista provoca uma lacuna exposta.
Abs.

Érico Cordeiro disse...

Caro Lulla,
Do pouco que pude conhecer da obra do Eddie Higgins, me soou um pianista classudo, de toque altamente refinado. Tenho apenas o It's Magic, com o grande Scot Hamilton e a versão de I Got It Bad (And That Ain t Good) do maestro soberano Duke Ellington é fantástica.
Um grande talento, sem dúvida alguma e que agora irá juntar-se à grande orquestra celestial.
Abraços a todos!!!

llulla disse...

Alô Érico,
Não tinha nada do Higgins, então procurei na Soulseek e ainda estou gravando derca de 80 músicas. Já copiei o CD "Bewitched" Gosto do estilo dele,jazz clássico e b em tocado.
abcs.
llulla

edú disse...

Lamento a perda, tive alguns cds mas confesso q a cada nova audição trazia uma vontade menor em preservar os discos.Acho q de meia dúzia restou um ou dois apenas.Um pianista correto, no melhor sentido do termo.Prezado Mestre Llulla , a lacuna sobre o trabalho de Higgins no país foi preenchida - modestamente - pelo Jazzseen em 29/01/09 como demonstra a resenha "Amor" escrita por John Lester.
http://jazzseen.blogspot.com/2009/01/amor.html