Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Mestre Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Mario Vieira (Manim), Luiz Carlos Antunes (Mestre Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (Mestre MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).


BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

ART BLAKEY CENTENNIAL - RAFAEL BARATA SEXTETO

21 outubro 2019

IMPERDÍVEL
Save the date
09.11.19 às 21:00 no Manouche

CJUB – JAZZ & BOSSA     E     MANOUCHE
apresentam na Série CJUB JAZZ NIGHTS

ART BLAKEY CENTENNIAL
com
RAFAEL BARATA SEXTETO

O mundo do Jazz celebra, em 2019, os 100 anos de nascimento do ícone da bateria ART BLAKEY, co-fundador do bebop e do hard bop, cuja carreira estendeu-se, até sua morte em 1990, por mais de cinco décadas, quase sempre à frente do lendário grupo “The Jazz Messengers”, o mais importante celeiro de talentos da história do gênero, dentre eles inúmeros gênios com carreiras solo vitoriosas, como Lee Morgan, Wayne Shorter, Freddie Hubbard, e os irmãos Branford e Wynton Marsalis. Para celebrar a vida, obra e a extraordinária trajetória de ART BLAKEY e seus JAZZ MESSENGERS, o CJUB – JAZZ & BOSSA (www.cjub.com.br) – naquela que será sua 38ª produção (a sexta da Série CJUB JAZZ NIGHTS) –, arregimentou nada menos que o SEXTETO estelar do internacional RAFAEL BARATA. Fenômeno da bateria, “THE TRAVELER”, como é chamado, tem assento permanente em inúmeras bandas prestigiosas mundo afora, entre elas o “Cello Samba Trio (com Jaques Morelembaum e Lula Galvão) e o quarteto da diva brasileira Eliane Elias (com Marc Johnson e Rubens De La Corte), com quem gravou o álbum “Made in Brazil”, vencedor, em 2016, do GRAMMY (maior láurea da indústria fonográfica mundial),  como melhor disco de latin jazz. Venha ouvir Moanin´, Along Came Betty e outros grandes clássicos de ART BLAKEY AND THE JAZZ MESSENGERS, na que promete ser a mais espetacular blowing session do ano – ART BLAKEY CENTENNIAL – especialmente encomendada pelo CJUB a RAFAEL BARATA SEXTETO, dia 9 de novembro, no MANOUCHE, o autêntico jazz club carioca.

Rafael Barata, direção musical, bateria;
Rafael Rocha, arranjos, trombone;
Jessé Sadoc, arranjos, trompete;
Marcelo Martins, arranjos, saxofones;
Cliff Korman, piano;
André Vasconcellos, contrabaixo.

Local: MANOUCHE (subsolo da Casa Camolese)
Rua Jardim Botânico 983 (dentro do Jockey Club)
Horário: 21 h.
Ingressos: https://manouche.byinti.com/#/ticket/
ou na bilheteria da casa, em noites de espetáculo (terça a sábado, a partir das 19:30)
Valor: R$ 160,00 (inteira); R$ 120,00 (meia solidária); R$ 80,00 (meia-entrada);

Mais informações:

http://manouche.casacamolese.com.br
www.cjub.com.br
Instagram:
clubemanouche
@CJUB – Jazz & Bossa
Facebook:
Manouche
CJUB – Jazz & Bossa

Um comentário:

pedrocardoso@grupolet.com disse...

RAFAEL BARATA é, sem sombra de quaisquer dúvidas, um dos grandes bateristas do mundo atual (JAZZ e instrumental), o que não é pouco.
Um espetáculo para ser visto, ouvido e gravado.
A formação é de primeira grandeza.