Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

MODERN SOUND NOSTALGIA

25 julho 2011

10 comentários:

LeoPontes disse...

Lugar de musicos de altíssima qualidade, além do ambiente familiar. Encontro primordial de varias gerações que tiveram oportunidade de crescer ouvindo o melhor da boa musica.Bn e Jazz não há coisa melhor.

Abrçs saudosos

MaJor disse...

Maravilha de recordação, Xará

Mario disse...

O Youtube não aceitou que eu postasse o video em alta definição, reconhece as músicas e fala em direitos autorais, mas eu não quis mudar as músicas, acho que fazem parte do clima, portanto ficou no Dailymotion, sem a alta resolução.

APÓSTOLO disse...

Maravilha de postagem, mostrando que a CULTURA sempre permanece = locais, música, MÚSICOS, assistentes e presentes antenados e, para mim tão distante aquí na "selva", o prazer de conhecer o MARIO, pelo menos em foto, sempre oportuno e informativo em suas postagens.

APÓSTOLO disse...

Maravilha de postagem, mostrando que a CULTURA sempre permanece = locais, música, MÚSICOS, assistentes e presentes antenados e, para mim tão distante aquí na "selva", o prazer de conhecer o MARIO, pelo menos em foto, sempre oportuno e informativo em suas postagens.

Érico Cordeiro disse...

Maravilha.
Peço licença para colocar esse vídeo no Jazz + Bossa - quanto mais gente souber o que era a Modern Sound e sua importância para a música brasileira, melhor.
Parabéns pelo trabalho primoroso de edição e pela estupenda seleção musical!

llulla disse...

Alô Mário,
Uma beleza de post. Não é possivel imaginar como se acaba com um local onde fluia a música de qualidade e era ponto de encontro de amigos que admiram a "Arte Poular Maior" (obrigado Apóstolo).
Parabéns pelo belo trabalho.
llulla

Nelson disse...

Beleza de resenha. O fechamento de um espaço como este, é o que se chama de aumento da "perda cultural do Rio de Janeiro". Qualidade musical, requinte, tradição e boa frequência.
O confrade Mário está de parabéns, pelo serviço aqui prestado à lembrança do bom jazz no Rio de Janeiro.

"No tears, my fellows. The show must go on"

Abçs.
"Nels"

Beto Kessel disse...

Mario,

Adorei ver este pequeno filme de 13 minutos, que me transportou para tantas tardes de sabado, onde chegava, batia um papo, aprendia um poucos com os feras da mesa capitaneada pelo Luis fernando, ouvia muita musica de qualidade (desde os tempos de J. T meirelles, depois do grupo de Idriss e nos ultimos anos do SambajazzTrio) e de vez em quando pedia um Joy Spring ao Idriss...No penultimo ou ultimo sabado da MS, tive a satisfacao de ouvir o KIko, O Jeferson e o Clauton Salles tocando um belissimo VERY EARLY (Bill Evans).

Muito legal lembrar daqueles tempos..

Beto Kessel

Luiz Carlos Cunha disse...

Se esqueceram de mim? hahaha...
Tocava com o Idriss, Sergio e Boto aos Sabados por um bom periodo, acho que foi em 2005. Ja estou fora do Brasil a quase 40 anos e estava ai para visitar a minha mae. Grande abraco a todos que se lembrarem do menino (?) no piano.

Luiz Carlos Cunha