Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

SUBPREFEITURA CANCELA FESTIVAL DE JAZZ

06 maio 2011

Deu no “O Globo” de hoje : “A Subprefeitura da Zona Sul proibiu o festival de Jazz com Hermeto Paschoal entre as atrações , que aconteceria em junho, na rua Dias Ferreira. Em 2010, os organizadores do evento descumpriram acordo, permitindo baracas de comida e um gerador no meio da pista.”
Então cabe a pergunta : Parada de gays e lesbicas pode ?, Marcha da maconha pode ?,
Shows de axé, pagode, rock, música evangelica etc. pode ?
Porisso continuo achando que o Rio de Janeiro continua sendo o cemitério do Jazz.
llulla

23 comentários:

renajazz disse...

bem lula derepente eles não chegaram a um "acordo" financeiro ahahahaahahahah

MaJor disse...

Em vez de proibir deveria fiscalizar para que as coisas proibidas não se instalassem. Este é o dever da Prefeitura, mas proibir é mais fácil.

pedrocardoso@grupolet.com disse...

Que Prefeitura ? ? ? ! ! !

Mau Nah disse...

Cá pra nós: O Festival do Leblon, de jazz, só tinha o nome mesmo. Era um mixto (com X mesmo) de sambarockmeuirmão/talvezunsblues/taisbarulhosherméticos.
Na realidade não se perdeu nada, exceto a contínua e concertada desapropriação do nome JAZZ para qualquer evento musical de menor importância - como esse - querendo se passar por algo cultural para interessar patrocinadores desavisados. Em tudo, farsa em cima de farsa.

Uma pena que, justificando assim a Prefeitura o seu ato, essas mesmas 4 letras fiquem associadas a balbúrdia, mijões e geradores na rua. Podendo, ao invés disso, prestigiar o Lipe e seu hercúleo esforço por coisas com valor na Sala Baden.
Triste, sob qualquer angulo analisado.

Mau Nah

Andre Tandeta disse...

Amigos , estarei no domingo,8 de maio, junto com Daniel Garcia,Rafael Vernet e Sergio Barrozo na Sala Baden Powell, as 19 horas tocando jazz, podem acreditar. Quem sabe não seja melhor fazer que reclamar.

Andre Tandeta disse...

Sera que ninguem percebeu que esse tal festival do Leblon de jazz so tinha o nome? Devia ser proibido sim, como propaganda enganosa. E que tal ir aos shows da Sala Baden ? A big band liderada pelo Altair Martins toca toda primeira quarta feira do mes, todos os meses. E em janeiro houve um sensacional Festival. A programação e´sempre muito boa. Acender uma vela e´sempre mais interessante que reclamar da escuridão.

coimbra disse...

A Baden Powell deveria ser "tomada" pelos instrumentistas e, com programação mais frequente. Tornar-se um ponto definitivo e referência da música instrumental.
Nem seria necessário consultar o jornal.
De terça a domingo, rola o som na Baden, às 19 h. Basta bater o ponto !

coimbra disse...

Bem, o comentário acima era para a postagem da "Baden Powell".

Quanto às apresentações do Leblon, foram lamentáveis.

Mas, apesar de tudo, jamais o Rio será cemitério de qualquer música.
Uma UTIzinha, pode ser, mas com chances de incrível recuperação.
A música brasileira, a de primeira, passa pelo Rio.

Ana disse...

Obrigada, queridos amigos, pelas belas palavras sobre a Sala baden. Realmente esse festival do leblon de jazz só tinha o nome. Agora, me expliquem: como um Festival desses consegue 2 milhões e meio de patrocinio, enquanto a sala Baden sobrevive com uma verba de R$ 200 mil por ano, que cobre programação e custos administrativos, tipo assessoria de imprensa, produtoras, afinação de piano etc? Tema algo errado... Ou o nosso está uma miséria (o que realmente está) ou o orçamento desse festival de 3 dias está muito inflacionado!

llulla disse...

Ora muito bem. Como nunca fui a esse festival não sabia que "não prestava". Reclamei em nome do Jazz, palavra mais uma vez usada indevidamente. Portanto, minhas escusas aos que me contestaram. Quanto ao cemitério, lá estão as sepulturas do "Rio Jazz Clube", do "Jazzmania", do "People", do "Little Club", do "Bottle's" do "Clube de Jazz e Bossa" da "Sociedade Brasileira de Jazz" etc. etc.
É só.
llulla

llulla disse...

EM TEMPO : Quanto a "fazer é melhor
que reclamar", FIZ DURANTE 29 ANOS UM PROGRAMA CHAMADO "O ASSUNTO È JAZZ", além de escrever nos jornais "O Fluminense" e "Tribuna da Imprensa". Internacionalmente colaborei com a revista "Peña de Jazz" de Montevideu. Se isso não é "fazer" .....
llulla

Andre Tandeta disse...

Querido Llulla,
não me referi a voce em particular, por favor me desculpe caso eu tenha passado essa impressão. Minha intenção é que passemos a valorizar o que temos e parar com a choradeira pelo que não temos. E todos ficaremos muito felizes se voce comparecer a algum dos inumeros shows de jazz ou de musica de alta qualidade que fazem parte da programação da Sala Baden Powell.
Um abraço respeitoso

Guzz disse...

olha só, independentemente do nome "jazz" ser usado para vender o festival, nem me importo ... o que realmente importa é colocar música na cabeça das pessoas, pode não ter "o" jazz na sua concepção (e não tem mesmo) mas alguma coisa boa e divertida sempre aparece e se torna uma opção de lazer fora da "mesmice" desta cidade neurótica

agora se esse festival arrecada R$ 2MM pode ter certeza que tem alguém ganhando com isso, e ganhando muito bem
se a prefeitura cancelou é porque pode ter certeza que a comissão não foi do seu agrado pois pra fazer micareta, passeata gay e outros eventos "populares" com anunciantes fortes ela sabe fazer direitinho, mesmo que a cidade fique fedendo a mijo e bosta ... e tenha certeza que nosso alcaide gosta e muito de algumas manifestações dessas, e tem o forte argumento de "incentivo ao turismo" ...

então fica assim, nem o sol apareceu !

abs,

RENAJAZZ disse...

bem vai aqui minha colaboração para um possivel festival de jazz aqui rio

JOE COHN guitarra e o pianista PETER BEETES

http://www.mediafire.com/?576akp05lzcs1lk

ouçam e vejam se não é uma boa opção

llulla disse...

Alô Tandeta,
Está tudo bem. Fiz questão de mostrar alguns dos meus trabalhos para que não fosse incluido no time dos reclamadores inoperantes. Embora more em Niteroi, oportunamente irei a Sala Baden Powell assistir a programção.
abcs.
llulla

renajazz disse...

http://www.bmw.com.br/br/pt/insights/events/jazz_festival/2011/showroom/programacao/index.html


bem enquanto nos aqui no riosentimos falta de um bom festival acabei de toma conhecimento de um envento programado para 10/11/12 em sao paulo produzido pela BMW . clikem no link acima ou então WWW.BMWJAZZFESTIVAL.COM.BR eu com certeza deverei dar uma passadinha por la

renajazz disse...

em tempo 10/11/12/de junho

Andre Tandeta disse...

Alo, Llulla,
sei que voce mora em Niteroi e, claro, sei muito bem sua historia de dedicação ao jazz.
Recomendo especialmente as primeiras quartas feiras de todos os meses na Sala Baden Powell, onde a Baixada Jazz Big Band se apresenta , sob a direção de Altair Martins, e com a participação de Idriss Boudrioua. Toquei nessa ultima quarta 2 musicas com eles e pude constatar ali da "zona do agrião"( bem no meio da orquestra)que estão realmente se tornando um conjunto musical de alto nivel. Vale demais a pena ver e ouvir essa big band onde veteranos e novissimos talentos se juntam pra dar continuidade a essa maravilhosa tradição musical.

figbatera disse...

Agora parece o tal "festival" no Leblon foi liberado...
Melhor do que nada!

llulla disse...

Diz no jornal que o Festival do Leblon vai ter aulas gratuitas de yoa e meditação e orientadores nutricionistas e fisioterapeutas. O Jazz aora virou Bombril, tem mil e uma utilidades.
llulla

llulla disse...

corrigindo - YOGA e não yoa

renajazz disse...

quais são as atrações deste festival

llulla disse...

Hermeto Pascoal é um dos convidados. O restp I don't know
llulla