Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

RIO DAS OSTRAS JAZZ E BLUES

08 maio 2010

Acontece entre os dias 2 e 6 de junho a oitava edição do Festival Jazz e Blues de Rio das Ostras.

Sem dúvida é o maior festival de música que acontece hoje no estado do RJ e mais uma vez é a oportunidade de ouvir boa música em 5 dias de festival com apresentações em 4 palcos.
E essa edição traz novidade, mais 1 palco na Praça São Pedro para apresentações de novos grupos, além dos palcos da Lagoa de Iriri, a enigmática pedra da Praia da Tartaruga e o palco principal da Costa Azul. É música o dia inteiro desde às 11 da manhã até a virada da meia noite e não por menos passam por Rio das Ostras cerca de 70.000 pessoas em todos os dias de festival, sempre com muita organização, conforto e tranquilidade para quem quer ouvir boa música, marcas registradas desse festival.


E esse ano não vai ser diferente !

Ron Carter, Mulgrew Miller, Russel Malone, Joey Calderazzo e o nosso Raul de Souza formam o time mais jazz desta edição além da Rio Jazz Big Band com a cantora Taryn Spillman.
Na fusão do jazz-rock o elenco não fica atras com as presenças do baixista Victor Bailey, o guitarrista Michael Landau, o trompetista Michael “Patches” Stewart, o trombonista-cantor Glen David Andrews, Stanley Jordan com Armandinho, o grupo T.M. Stevens Project, a baterista Cindy Blackman e nosso grupo mineiro Plataforma C.
E lógico que o blues não vai ficar de fora, esse ano a grande atração é o gaitista Rod Piazza além da guitarra do nosso Andre Cristovam e a Brazilian Blues Band.



Ron Carter é figura conhecida em nossas praias. O contrabaixista do saudoso segundo quinteto de Miles Davis vem liderando um trio com o excelente pianista Mulgrew Miller, que esteve aqui em Ouro Preto ano passado, e o guitarrista Russell Malone. Esta mesma formação em trio do Ron Carter tinha o pianista Jacky Terrason, agora substituido por Mulgrew Miller, e é a certeza de um espetáculo de virtuosismo no mesmo molde do que foi o finado trio Ray Brown-Monty Alexander-Malone. É a segunda apresentação de Russel Malone neste festival, esteve aqui há dois anos, e desta vez tenho certeza que sua guitarra jazz vai falar mais alto. Eu até diria que é o show mais jazz deste festival se não fosse a presença do quarteto do pianista Joey Calderazzo.

Calderazzo era o pianista do monstro e saudoso Michael Brecker e hoje tomou conta do piano de Brandford Marsalis com quem gravou seu último disco Metamorphosen. Possui uma interessante discografia solo e é um pianista de grande intensidade musical e de longos improvisos. Vem acompanhado por Aj Brown contrabaixo, Orlandus Perry III bateria e Brevan Hampden percussão. Esse show promete !


O trombonista Raul de Souza é o nosso nome mais expressivo no instrumento, além de inventor do Souzabone, um trombone de válvula elétrico em dó. Um dos maiores trombonistas do mundo, sem dúvida. Teve seu último lançamento pela Biscoito Fino, 2008, Bossa Eterna, acompanhado por João Donato, Luiz Alves e Robertinho Silva. Apesar das raizes aqui, é raro uma apresentação dele em nossas praias e com certeza é uma grande atração deste festival.


A Rio Jazz Orchestra vem com sua tradicional formação de big band e a frente a cantora Taryn Szpilman. Promete um grande baile nesse festival com seu repertório de música brasileira e a mistura do jazz e música latina.

Glen David Andrews é um jovem trombonista e cantor. Desconhecido da maior parte do público, sua música traz o jazz tradicional de New Orleans com o ritmo das brass bands. É a surpresa do festival, vamos conferir.

O nome fusion desse festival é o baixista Victor Bailey, um representante da nova geração do baixo elétrico que já deixou sua assinatura em grupos como Weather Report, Steps Ahead e a Joe Zawinul Syndicate. É um admirador confesso de Jaco Pastorius. Com certeza será um show eletrizante e vai arregimentar uma legião de fãs do instrumento a assistir um pouco do seu virtuosismo com muito groove, tapping e slap além das suas interpretações solo de standards de jazz. A Victor Bailey Band vem acompanhada por Poogie Bell bateria, Peter Horvath teclados e Dean Brown, o guitarrista do Marcus Miller, guitarra.

Michael “Patches” Stewart é outro nome que teve o berço em New Orleans, seu apelido Patches deu-se pela quantidade de remendos que tinham em suas calças jeans. Participou dos grupos de Al Jarreau, David Sanborn e Marcus Miller e seu último disco Blow (2005) teve boa repercussão, apesar de não ser tão expressivo quanto seu primeiro lançamento Blue Patches, mais acústico e com uma densidade mais jazz onde foi acompanhado por Gerald Albright, Jacky Terrason, Charles Fambrough e Lenny White. Sua música hoje está um pouco carregada de eletrônica e samples, uma tendência atual quando o foco se torna comercial, e isso está está muito evidente em seu último disco Blow. Apesar de rotulada como smooth, acredito que sua música vai transformar Rio das Ostras em um grande lounge.

Michael Landau apresenta o lado mais rock desse festival. É um guitarrista daqueles virtuosos, muita nota e muito efeito. Músico muito requisitado em estúdio como sideman ou como compositor de trilhas sonoras de cinema e séries de TV. Nome imponente na guitarra rock hoje, é um entusiasta das modelo Strato. Para quem gosta é prato cheio e também vai levar seu fã clube para o festival. Lançou este ano ao lado do guitarrista Robben Ford, Jimmy Haslip e Gary Novak um CD chamado Renegade Creation e não deixa por menos, joga em todas, do rock ao blues. Vem na formação de Power Trio com o baixista Andy Hess, que também é sideman do Robben Ford, e o baterista Gary Novak.

Stanley Jordan não é novidade, já é de casa. Sempre acompanhado pelo contrabaixista Dudu Lima e pelo baterista Ivan Mamão Conti, traz junto para esse festival a guitarrinha regional de Armandinho Macedo. Curiosa abordagem e deve sair daquele mesmice de sempre e promete um bom show.

E tem mais baixo elétrico em destaque, T.M. Stevens é daqueles de estilo muito exótico. Seu som pesado mescla o rock, o funk e o reggae bem ao estilo do seu visual onde também faz uso das suas intervenções vocais. E não à toa, sua banda é formada pelo guitarrista Blackbyrd McKnight, que fez parte do grupo Funkadelic de George Clinton e da fase elétrica de Miles Davis, a excelente baterista Cindy Blackman e o tecladista Delmar Brown. Um show curioso, a audiência fusion vai gostar muito !

Rod Piazza é o nome blues desse festival ao lado do seu grupo The Mighty Flyers. Cantor, gaitista e líder da banda, tem no som de sua gaita a influência marcante de Little Walter e George Harmonica Smith, dois gigantes no instrumento na praia do blues. Em suas dinâmicas apresentações tem presença marcante no palco e não costuma deixar ninguém parado cujo show traz muita energia e interação com a platéia. A banda The Mighty Flyers é formada pela pianista e esposa Honey Alexander, Henry Carvajal guitarra e Dave Kida bateria.

André Cristóvam é o nosso nome do blues. Marcou história em nossa discografia blues com o disco Mandinga (1989) como sendo o primeiro disco lançado aqui classificado como blues e cantando em português. Ano passado promoveu uma turnê celebrando os 20 anos deste lançamento e cujo CD foi relançado esse ano.
A Brazilian Blues Band traz o blues da capital federal com muita pegada de rock e soul.

PROGRAMAÇÃO

dia 2 de junho, quarta-feira
COSTAZUL, 20h : Orquestra Kuarup, Brazilian Blues Band e André Christóvam

dia 3 de junho, quinta-feira
Lagoa de IRIRY, 14h15 : André Christovam
Praia da Tartaruga, 17h15 : Joey Calderazzo Quartet
COSTAZUL, 20h : Plataforma C, Raul de Souza, Michael Landau Group e Stanley Jordan e Armandinho

dia 4 de junho, sexta-feira
Lagoa de IRIRY, 14h15 : Rod Piazza & The Mighty Flyers
Praia da Tartaruga, 17h15 : Stanley Jordan e Armandinho
COSTAZUL, 20h : Ron Carter, Russel Malone e Mulgrew Miller, Joey Calderazzo Quartet, Michael “Patches” Stewart e Rio Jazz Big Band & Taryn Spilzman

dia 5 de junho, sábado
Lagoa de IRIRY, 14h15 : Michael Landau Group
Praia da Tartaruga, 17h15 : Michael “Patches” Stewart
COSTAZUL, 20h : Victor Bailey Band, Rod Piazza & The Mighty Flyer, T.M. Stevens Project & Cindy Blackman, Delmar Brown e Blackbyrd Mc Knight, Glen David Andrews Band

dia 6 de junho, domingo
Lagoa de IRIRY, 14h15 : Victor Bailey Band
Praia da Tartaruga, 17h15 : T.M. Stevens Project & Cindy Blackman, Delmar Brown e Blackbyrd Mc Knight

Assessoria de Imprensa : Tempo 3 Comunicação

http://www.riodasostrasjazzeblues.com/
http://twitter.com/rostrasjazzblue

2 comentários:

Mau Nah disse...

Show de competencia, Guzz. Informacao e apresentacao nota 10!
Abs.

figbatera disse...

Muito bem, Gustavo, bela apresentação (como disse o MauNah)!
A programação me parece bem melhor do que a do ano passado; nos encontramos lá, né?
Abraço!