Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

WAGNER TISO - SAMBA E JAZZ UM SÉCULO DE MÚSICA

20 fevereiro 2009

O novo disco de Wagner Tiso é uma fusão do erudito, popular e jazz com arranjos muito bem feitos, característica do maestro.

O mix de samba e jazz vem a comemorar o ano de 1917, onde foram gravados o primeiro disco de jazz e o primeiro disco de samba.

De um lado Sinhô, Zé Ketti, Chico, Ary Barrozo, Paulinho da Viola e Nelson Cavaquinho. Do outro Foster/Hendrix, Coltrane, Kern, Harburg/Vernon Duke, Hague/Horwitt e Miles Davis.

Ele não poupou músicos de qualidade para suas gravações, muitos para enumerá-los todos, pois as cordas são usadas em todas as músicas.

A harmonia e leveza consegue unir a melodia do samba e do jazz com os improvisos de Wagner Tiso.

No encarte do CD, Wagner agradece aos Cjubianos Alberto Chimelli, Arlindo Coutinho, José Domingos Raffaelli, Luiz Carlos Antunes e Mario Vieira.

O disco foi lançado pela gravadora de Tiso, Trem Mineiro, e já está a venda.

2 comentários:

figbatera disse...

Só pode ser coisa boa...

vascodela2 disse...

Wagner's touch is always interesting to hear. Let's do it