Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

O JAZZ NA WEB

11 novembro 2007

Um bom website com canais de rádio para todos os gostos é a net radio www.sky.fm
Mas o que me deixou curioso é o fato de existir o número de ouvintes online de cada gênero musical – e olha quantos tipos diferentes de música estão catalogadas.

No momento em que eu entrei, a relação, por ordem decrescente, era a seguinte:

Smooth Jazz – 3600 (os jazzófilos não consideram como jazz)
Trance – 2215
Best of the 80s – 1651
Top Hits Music – 1618
Mostly Classical – 1505
Chillout – 1305
New Age – 1202
Eurodance – 1015
Classical Guitar – 972
House – 801
All Hit 70s – 793
Roots Reggae – 782
Lounge - 665
Da Tempo Lounge – 500
Country – 391
Oldies – 366
Soulful House – 251
Solo Piano – 239
Uptempo Smooth Jazz – 200 (?)
Salsa – 190
Ambient – 185
Piano Jazz – 176 (jazz tradicional)
Modern Jazz – 166
Bossa Nova Jazz – 158
World Music – 141
Classic Rap – 128
Urban Jamz – 105
Alternative Rock – 75
Classic Rock – 69
Indie Rock – 34
Contemporary Christian – 30
Simply Soundtracks – 29

O que ainda resiste bem é a música clássica. A programação do jazz é boa, idem a bossa nova. O número de ouvintes de jazz tradicional não chega a 1 por cento do total.

Nenhum comentário: