Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Mario Vieira (Manim), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).


BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

O DIA DO MESTRE

17 outubro 2004

Sexta-feira passada, dia 15, era o Dia do Mestre e assim foi comemorado em todas as escolas brasileiras e também e principalmente na que funciona no ambito deste CJUB. Coincidentemente, era o dia do aniversário do nosso amigo e principal mentor, José Domingos Raffaelli, o Raf.

Assim, nosso tradicional almoço realizado sempre nesse dia no restaurante da Associação Comercial do Rio de Janeiro, mais amistoso e animado do que nunca, foi uma rendição de homenagem a esse companheiro sobre cujos caráter, elegância e educação não é preciso discorrer. E cujo conhecimento sobre tudo o que se refere ao jazz - sem falar do futebol - o transforma numa enciclopédia de consulta quase inescapável por parte dos que o cercam, uma referência imediata e saborosíssima pois que todas as respostas vem abrilhantadas por sua visão histórica e sempre ricos comentários, sem falar de sua inesgotável paciência.

Com a mesa próxima de sua capacidade limite, e muito valorizada pelas presenças charmosas de LaClaudia e de PegLu, o Mestre foi saudado por Bené-X e pelo Goltinho em speeches de improviso e em seguida teve celebrada sua data com o parabéns tradicional cantado por todos, mais o Ramiro e os garções, apoiados pelo piano do Roberto que, para finalizar a homenagem, ainda tocou o Hino do Botafogo, time do coração de ambos.

A conversa, animada, sobre jazz e as realizações passadas e futuras do CJUB continuou a fluir e LaClaudia aproveitou para discorrer sobre as possibilidades do Copa vir a ser um possível templo de realizações musicais de porte e qualidade no futuro, se atendidos alguns requisitos ainda pendentes. A abertura da produção para os concertos cantados, que se iniciará com a próxima produção do CJUB no Mistura Fina, no dia 28 deste mes de outubro, quando Wanda Sá fará sua estréia mundial cantando temas jazzísticos, tomou então conta da mesa e foi motivo de inúmeras sugestões e pedidos pessoais ao produtor Sazz, com todos querendo incluir este ou aquele seu tema favorito para ouví-lo na voz da musa. A propósito, aguardem as próximas novas a respeito, aqui, em breve.

Foi uma bela tarde, registrada pelo Marcelink em vídeo e em fotos, que contou ainda com a presença do Marcelón. Manim, o outro aniversariante do mes que também seria ali saudado, não pode comparecer, preso a inadiável compromisso profissional. Poderá, entretanto, ver o que perdeu assistindo aos registros dessa memorável reunião.

Longa vida aos amigos! E, como gritava certo membro, hoje distanciado por motivos pessoais, CJUUUUUUUUB a todos!

Nenhum comentário: