Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

04 setembro 2007

NOVO LANÇAMENTO DELIRA MUSICA - “TEM SAMBAJAZZ NA BELAZUL”


Henrique Lissovsky aborda em CD solo suas aspirações jazzísticas, ao lado de Mauro Senise, Paulo Russo e Ivan Conti.

Henrique Lissovsky é violonista, compositor e arranjador, premiado por Leo Brower e Philip Catherine no Concours Creación Musicale, categoria Jazz, do XI Carrefour Mondial de la Guitare.

Em parceria com a Delira Música, lança agora o CD "Tem Sambajazz na Belazul", instrumental com onze faixas de sua autoria, várias gravadas ao vivo (em estúdio), contendo temas, variações e improvisos com formas abertas, muita alegria e descontração. O novo trabalho conta com a participação de músicos como Mauro Senise, Paulo Russo, Ivan Conti, João Rebouças, Robertinho Silva, Joana Queiroz e Rafael Barata.

Nascido em 1960, no Rio de Janeiro, Henrique Lissovsky foi criado no bairro de Santa Teresa. O contato direto com o ritmo dos tambores durante toda infância e adolescência somados a um espírito arrojado e uma sólida formação resultaram num músico híbrido com senso rítmico e harmônico privilegiado.

Henrique é, hoje, dono de longa trajetória na área educacional, sendo professor da Pro Arte desde 1983 e diretor musical da Orquestra de Violões da Escola de Música Villa-Lobos. Aliada à vocação para o ensino, o músico seguiu atuando como violonista clássico, tanto como solista, como acompanhador de grandes nomes do canto lírico nacional: Inácio de Nonno, Ruth Staerke, Maria Lúcia Godoy, Paulo Fortes, Daniella Carvalho e Lício Bruno, entre outros.

Sua incursão pela vertente jazzística brasileira teve como primeiro resultado o cd "Southern Cross", lançado em 1990, somente na Europa, pela ITM-records.

Nenhum comentário: