Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Mestre Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Mario Vieira (Manim), Luiz Carlos Antunes (Mestre Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (Mestre MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).


BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

RECORDANDO JOÃO GILBERTO

07 julho 2020



Aos 88 anos, morria João Gilberto, um dos principais pioneiros da bossa-nova, uma mistura de  samba e jazz, que se espalhou pelo mundo no início dos anos 1960, morreu há um ano. Gilberto teve uma enorme influência em seu violão tocando e cantando 
 João Gilberto fez parte dos "criadores" da bossa nova, juntamente com os grandes compositores Antonio Carlos Jobim, Vinicius De Moraes e outros, cujo novo estilo atraiu a atenção do público e da crítica além das fronteiras do Brasil. 
 Nos EUA, a revista de jazz Down Beat comentou favoravelmente o primeiro álbum de João Gilberto no início dos anos 1960, antes de chegar à fama, e mais tarde o aclamado músico de jazz Stan Getz gravou seu famoso álbum "Getz / Gilberto", que teve recordes mundiais de vendas. Nesse momento, Gilberto já havia gravado vários álbuns no Brasil. 
 A associação com Stan Getz foi muito proveitosa para a universalidade da bossa novaGetz também foi associado para gravações, shows e turnês com o próprio Antonio Carlos Jobim e com Astrud Gilberto, esposa de João. Essa foi a época que mais ligou João Gilberto ao jazz, graças a Stan Getz, mas deve ficar claro que a maior e mais duradoura influência sobre esse gênero foi a que teve o compositor, pianista, cantor e guitarrista Antonio Carlos Jobim, considerado um dos grandes compositores do século XX, muitas das quais composições faziam parte do repertório de Gilberto. 





Nenhum comentário: