Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Mestre Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Mario Vieira (Manim), Luiz Carlos Antunes (Mestre Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (Mestre MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).


BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

MEXENDO NA DISCOTECA

04 junho 2020

Oi turma.

Eu não poderia deixar de iniciar esse meu post sem meus parabéns ao amigo Major pelos 10 anos do seu podcast aqui no CJUB. Um Mestre nos ensinamentos e seleção do repertório apresentado em todos os programas.  Obrigado amigo Major pelos presentes que você nos deu nestes 10 anos de muito Jazz e continuamos querendo mais, muito mais. Forte abraço.

Desta vez resolvi mexer na minha discoteca de Jazz de 10 polegadas. Eu considero como um tesouro que possuo pois, cada um dos Lps tem uma história para contar na minha trajetória desde 1953 ouvindo, lendo e conversando com os Mestres do gênero. Todos foram adquiridos nos sebos de discos do Rio e de São Paulo.  

Vou apresentar desta vez um pianista que gosto muito, não só pelo seu lirismo e sutilidade com as teclas, mas também com seu talento nas improvisações. Um artista as vezes contestado pela sua falta de técnica e uma mão direita um pouco “engessada”, o que não o impede, na minha opinião, de fazer interpretações geniais e marcantes.

Erroll Garner. É um dos meus pianistas preferidos pelo exposto acima. O trio é composto por Erroll Garner (p) John Simmons (b) Shadow Wilson (d) com gravações nos anos de 1950 e 1951 em New York.

Eu escolhi o tema: “For Heavens Sake”.

Espero que vocês gostem.

Forte abraço.





2 comentários:

MARIO JORGE JACQUES disse...

Prezado TIBAU primeiro agradeço suas super gentis palavras e Errol é gostoso de se ouvir independente de sua pouca técnica ótima lembrança dos 10 polegadas abraço

Carlos Tibau disse...

Amigo Mario
Forte abraço