Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Mestre Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Mario Vieira (Manim), Luiz Carlos Antunes (Mestre Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (Mestre MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).


BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

P O D C A S T # 4 7 0

14 junho 2019




JAZZ NOS ANOS 50




PARA BAIXAR O ARQUIVO DE ÁUDIO USAR O LINK ABAIXO E CLICAR EM BAIXAR


7 comentários:

Takechi disse...

Major:
O que eu entendo como jazz está concentrado aí, nos anos 50. Claro que tem coisa boa nos 60, 70, 80, 90, etc. (e nos 40, 30, ...) Mas, na minha opinião, nada supera os 50.
E o seu podcast está, simplesmente, sensacional, magnífico! (E aqui vai uma simples observação -- para cortar qualquer possível traço de soberba da sua parte: mesmo uma escolha aleatória dos anos 50 iria produzir uma seleção de excelente músicas!!!). Ahahaha! É só uma brincadeira e um exagero. Se há uma coisa insuperável é o seu fantástico, imprescindível e árduo trabalho de divulgação do jazz.
Grande e carinhoso abraço,
Takechi

MARIO JORGE JACQUES disse...

Takechi legal seu comentário, obrigado pelas gentilezas acho tb que os anos 50 foram maravilhosos para o jazz, por isto a lembraça de fazer este podcast. Abração

pedrocardoso@grupolet.com disse...

Estimado MÁRIO JORGE:

Excelente "pod", que nos transporta a uma das "eras de ouro" da ARTE POPULAR MAIOR.
Os anos 50 incluem, também, vasto lançamento de "festivais", como forma de reunir muitos talentos simultaneamente.
Rumo a "pod 500" ! ! !






















Carlos Tibau disse...

Caro amigo Mario
Assim você mata o velho aqui. Você não imagina como este seu podcast me emocionou. Muito obrigado. Este podcast me transportou no tempo e me levou naqueles dias que eu ouvia o jazz como muita intensidade e me reunia com queridos amigos para vibrarmos juntos com os novos lançamentos. Bons e fervilhantes tempos. Parabéns por este SENSACIONAL podcast. Vai ser arquivado junto com outros documentos que reputo imperdíveis numa coleção de Jazz.
Obrigado
Forte abraço.

MARIO JORGE JACQUES disse...

Querido Tibau não vá morrer pelos podcast, pelo amor de Deus. Já imaginou a minha culpa pro resto da vida? abraço

Carlos Tibau disse...

Caro Mario
Vc segura sua culpa aí e eu fico feliz aqui.
Abraço

Edison Junior disse...

Maravilhoso podcast, que só ouvi hoje com atraso. Realmente, a década de 50 foi pródiga. Um podcast para ouvir várias e várias vezes.
Muito obrigado por compartilhar isso conosco.
Abraços!