Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

BEBO VALDÉS E CHUCHO VALDÉS

12 outubro 2017





















Dois célebres pianistas, pai e filho. Bebo morreu em 22 de março de 2013.
Em várias ocasiões, Chucho Valdés contou em entrevistas pela BBC que sua principal influência no início de sua carreira era a do pai. Mas Bebo deixou Cuba após a Revolução e eles não se falaram novamente em muitos anos. Há um vídeo que foi filmado há algum tempo por Fernando Trueba para o filme Calle 54 em que se encontram pela primeira vez após esse período de separação e a música os reúne novamente através de improvisações e memórias musicais. A partir desse momento, ambos voltaram a tocar juntos e se reconciliaram. Esse vídeo foi removido do YouTube, infelizmente, mas o substituímos por um registrado no Jazz Voyeur Festival 2008.
Chucho Valdés, pianista, arranjador, compositor e educador, é considerado um dos grandes pianistas do jazz cubano. Ele ganhou 4 Grammy Awards e em 2006 foi nomeado ─ Embaixador da Boa Vontade da FAO. Seu álbum, Border-Free, também foi nomeado para um Grammy. Chucho participa todos os anos de festivais e concertos em diferentes partes do mundo (atualmente com seus Mensageiros Afro-Cubanos) e é o organizador do Havana Jazz Festival. Seu filho Chuchito é também um pianista de jazz, estendendo esse domínio talentoso a três gerações.
Mais abaixo Bebo y Chucho Valdes, no dia 25 de outubro, no Auditório de Palma, no âmbito do Jazz Voyeur Festival 2008.

video


(traduzido e adaptado do blog Noticias de Jazz de Pablo aguirre)


Nota: O Festival Jazz Voyeur ocorre principalmente durante o outono de cada ano em locais de toda Palma Di Mayorca, por exemplo em: Castelo de Bellver, Auditório, Misericórdia, Teatre Principal, Conservatório.

Um comentário:

Anônimo disse...

MUITO LEGAL UM CARINHO MUSICAL ENTRE ELES, BONITO
CARLOS LIMA