Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

DIA INTERNACIONAL DO JAZZ – CONCERTO EM CUBA

27 abril 2017



Desde 2012, o "Dia Internacional Jazz" (30 de abril) foi oficialmente criado pela Organização das Nações Unidas (UNESCO) e por Herbie Hancock seu Embaixador Cultural – já foram realizados concertos oficiais em Nova Iorque (2012), Istambul (2013), Osaka (2014), Paris (2015) e Washington (2016). Este ano acontecerá em Havana, Cuba.
Este Mês de Jazz (Month of Jazz ) também é patrocinado pelo Thelonious Monk Institute of Jazz. (*)
Em cada ocasião, participaram numerosos expoentes do jazz e este ano vão reunir-se os gigantes do jazz na capital cubana Havana como o próprio Herbie Hancock e em ordem alfabética: Ambrose Akinmusire (EUA), Melissa Aldana (Chile), Carl Allen ( EUA), Marc Antoine (França), Richard Bona (Camarões), Till Brönner (Alemanha), A Bu (China), Igor Butman (Federação Russa), Bobby Carcaças (Cuba), Regina Carter (EUA), Kurt Elling (EUA), Kenny Garrett (EUA), Antonio Hart (EUA), Takuya Kuroda (Japão), Ivan Lins (Brasil), Sixto Llorente (Cuba), Marcus Miller (EUA), Youn Sun Nah ( República da Coreia), Julio Padrón (Cuba), Gianluca Petrella (Itália), Gonzalo Rubalcaba (Cuba), Antonio Sánchez (México), Christian Sands (EUA), Esperanza Spalding (EUA), Chucho Valdés (Cuba), Ben Williams (EUA), Cassandra Wilson (EUA), Tarek Yamani (Líbano) Dhafer Youssef (Tunísia), Pancho Amat (Cuba), César López (Cuba) e outros.
"Month of Jazz" culmina todos os anos desde 2012, com esses concertos oficiais em uma capital do mundo, mas também há celebrações musicais semelhantes em muitas outras partes, incluindo Europa e na maioria dos países latino-americanos.
Herbie Hancock e Chucho Valdés são os diretores musicais deste evento. Nos dias anteriores, haverá oficinas, seminários, concertos e master classes oferecidas pelos músicos visitantes e nacionais cubanos.
A proposta da Nações Unidas (UNESCO) para o Mês e Dia Internacional Jazz é - "promover a paz, o diálogo entre diferentes culturas, diversidade, respeito pela dignidade e direitos humanos, eliminar a discriminação, promover a liberdade de expressão, apoiar a igualdade de gênero e fortalecer o papel da juventude na implementação de mudanças sociais ".

(traduzido e adaptado de Noticias de Jazz blog de Pablo Aguirre)

(*) O Thelonious Monk Institute of Jazz é uma organização sem fins lucrativos de educação musical, fundada em 1986 por Thelonious Monk III, filho do falecido músico de jazz Thelonious Monk, pela cantora de ópera Maria Fisher e pelo músico de jazz o trompetista Clark Terry.

O Instituto realiza anualmente o - Thelonious Monk International Jazz Competition desde 1987, e oferecendo uma bolsa de estudos para o- Thelonious Monk Institute of Jazz Performance desde 1995 e organiza programas de educação em jazz em escolas públicas nos EUA e em todo o mundo.

Um comentário:

pedrocardoso@grupolet.com disse...

Estimado MÁRIO JORGE:

A direção musical (Hancock e Valdés) garante a qualidade, ainda que poucos músicos de expressão participem. Ivan Lins é um "habitué" de eventos mas, com certeza, pouco de JAZZ acrescentará, ainda que aporte boa música.
Aguardemos e viva o DIA DO JAZZ.

PEDRO CARDOSO