Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

FESTIVAIS DE JAZZ - ESPANHA

01 julho 2015

Agora em julho vão começar 22 festivais de jazz na Espanha, o que é um reflexo do que acontecerá no resto da Europa, onde tais eventos são multiplicados durante o verão do hemisfério norte.
Mas em Espanha, em particular, tem sido uma recuperação da atividade jazz nas últimas duas décadas. Alguns dos festivais que começam em julho no país são: 
Mostra de Jazz de Tortosa, Getxo Festival Internacional de Jazz, Jazz Palau de Valencia, San Javier Jazz Festival, Festival de Jazz no Lago (Atarfe), Portão Jazz (Málaga), Vijazz Penedes, Menorca Festival Internacional de Jazz, Fijazz-Alicante, Canary Jazz, Funk Imaginem Festival, Festival de Jazz de Bay, Ezcaray Jazz Festival, Vitoria-Gasteiz Jazz Festival, Pontevedra Jazz & Blues Festival, Universijazz (Valladolid), Festival de San Jazzaldia, Sebastian Jazz Festival D'Arenys de Mar, Atacdejazz (Tárraga) SummerJazz (El Campello) e cada vez mais festivais em Barcelona. Um grande número de festivais semelhantes começam em agosto (em junho houve muitos também). Literalmente, milhares de músicos estão a participar destes eventos, tanto europeus quanto muitos são de outros países das Américas, Caribe e até Autralianos.

(adaptado de Noticias de Jazz)

5 comentários:

APÓSTOLO disse...

Estimado MÁRIO JORGE:
Pura cópia do BRASIL, em que povoam o cenário musical inúmeros crustáceos descerebrados, falsas duplas "caipiras" deturpando o gênero tão importante, funk, axé e outras porcarias, devidamente aplaudidas por um público sem educação (família) e sem instrução (escolas), pronto a engolir faustões et caterva.

Anônimo disse...

a gente merece...
MauNah

Anônimo disse...

Incrivel o numero de espetaculos e por aqui? neca.... êta Brasil!!!!!
Carlos Lima

APÓSTOLO disse...

Estimado MÁRIO JORGE:
Em agosto também ocorrerá o mais famoso de todos,na Catalunha a capital européia do JAZZ.
Daí os músicos e grupos de JAZZ seguirão para França, Itália, Alemanha e por ai vamos, coalhando a Europa ocidental da ARTE POPULAR MAIOR. É conferir ! ! !

Nelson disse...

AHHH ! mas em compensação, vejam se lá existem esses "primores" da "art brasilis", como:
Mensalão
Petrolão
Pedalada Fiscal
Delação Premiada
O quê? Lá tem "cadeia", meus confades. Sem ar refrigerado e sem "prisão domiciliar". Certo?
Abçs.
"Nels"