Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

ONTEM MESTRE LOC ARREDONDOU OS 76, COMO UM MENINO

31 outubro 2014

Minha culpa.

Deixei passar ontem o aviso do cumpleaños - em tempos de admirações cada vez mais constantes no país às causas "bolivarianas" - desse amigo e Mestre, que arredondou 76 bem utilizados anos de vida. Só percebi o fato ao final da tarde, engarrafado (i.e., em meio a diversos veículos parados) e com alguma folga para checar a agenda. Preferiria estar engarrafado, na segunda acepção do termo, em um belo uísque.

Entonces, vai daqui de público o meu abraço carinhoso ao LOC, e os votos de que possa nos brindar com seu conhecimento e escritos sobre a arte que nos encanta a todos os Cejubianos, por muitos anos mais.

Saúde e Felicidades!

5 comentários:

MARIO JORGE JACQUES disse...

Um grande abraço Luiz Orlando, muita paz e saúde.
Mario Jorge

BraGil disse...

Amigo Luiz
Parabéns e saúde.
Todo sábado continuo aprendendo com seus comentários na coluna do JB.
Abraço
Gilberto

Beto Kessel disse...

Parabens Luiz Orlando, nosso Mestre LOC, responsavel pela minha visita semanal ao site do JB em busca da auka e das dicas semanais

luiz orlando disse...

Gratíssimo pela lembrança e delicadeza de todos vocês. Aquele abraço do LOC

apostolojazz disse...

Ao mais que prezado LUIZ ORLANDO meus maiores votos de saúde, paz e muito, muito JAZZ e combate na trincheira do bom gosto, que todos apreciamos e na qual absorvemos as doses da crônica de qualidade.