Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

HÁ CINQUENTA ANOS KENNEDY SALVAVA CARREIRA DE HAMPTON HAWES

25 novembro 2013

Desse fato  pouca gente sabia e fomos encontrá-lo no excelente blog espanhol “Noticiero de Jazz” de Pablo Aguirre. Naquela época o pianista Hampton Hawes estava preso e cumpria longa  pena por consumo de drogas. Simpatizante de Kennedy, Hawes resolveu solicitar o perdão presidencial, embora desaconselhado pelos funcionários da prisão, sempre pessimistas. Ainda assim, o pianista solicitou os formulários, preencheu-os, anexando 18 cartas de recomendação  de pessoas de certa importância que o conheciam. Para surpresa de muitos,Kennedy lhe outorgou  a clemência presidencial , permitindo assim que Hawes pudesse prosseguir com sua carreira musical. Três meses depois ocorria o trágico assassinato do presidente J.F.Kennedy.

Um comentário:

Anônimo disse...

MESTRE:
Hampton merecia todos os perdões do mundo.
"Parker ao piano" deixou-nos obra da mais alta qualidade.
Viva KENNEDY !

APOSTOLOJAZZ