Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

CLARK TERRY, ART BLAKEY E LIONEL HAMPTON NA “HALL OF FAME”

04 abril 2013



Esses foram os músicos escolhidos para ingressarem na famosa “Hall Of Fame” do Lincoln Center. Dos três, Clark Terry é o único músico vivo entre os eleitos e  é muito bom ser homenageado ainda em vida, para ter justamente a ciência desse reconhecimento.

2 comentários:

Anônimo disse...

MESTRE:

Mais que merecidos pelo conjunto de 03 grandes obras.
Vivo, o grande Clark Terry sempre dominou a técnica da respiração circular, que lhe permitiu solos absolutamente irrepreensíveis.
Bela lembrança e nossos agradecimentos por tudo o que os três fizeram.

APOSTOLOJAZZ

Anônimo disse...

Tirando o que ouvia "de carona", Hampton foi o primeiro jazzista que me encantou depois dos meus 15 anos, com seus solos vertiginosos e linguagem precisa. Terry é um dos meus prediletos de todos os tempos e do Blakey nem se precisa falar, mora no coração de qualquer jazzófilo a sua incansável pulsação.
Escolhas justas e precisas.
MauNah