Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

E QUINCY JONES CHEGOU AOS OITENTA

14 março 2013



 Sobre Quincy Jones não há necessidade de se falar ou escrever muito. Músico consagrado com 79 indicações para o Grammy, das quais venceu 27, sendo que em 1991 foi laureado com o “Grammy Legend Award”. O que dá para lembrar é do Quincy de 1956, que aqui esteve integrando a banda de Dizzy Gillespie como trompetista e arranjador. Depois do coquetel oferecido à banda pela Embaixada Americana no Clube de Seguradores e Banqueiros, servimos eu e o saudoso amigo Leonardo Lenine de Aquino de cicerones  para o já amigo Quincy . Houve uma greve de taxis e fomos para os estúdios da TV Tupi, onde a banda estrearia, no velho ônibus Urca. Dia seguinte, estréia no Teatro República e antes do evento encontramos Quincy  procurando algum lugar para fazer uma refeição. Perto da TV havia um restaurante e foi lá que Quincy pediu macarrão e encontrou no meio da massa uma mosca se debatendo. Simplesmente sorriu, empurrou o prato, pagou e saímos para o show. Bons tempos. Em 14 de março,  Happy Birthday  Quincy Jones.

Nenhum comentário: