Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

ED LINCOLN (1932- 2012)

19 julho 2012


Quem não dançou ao som de Ed Lincoln e seu famoso conjunto de baile ?  Infelizmente foi mais uma voz que se calou. Voz instrumental iniciada no contrabaixo, passando pelo piano e finalmente se fixando no órgão , instrumento que o consagrou. Vi e ouvi Ed Lincoln em 1956 na famosa Jam Session do Clube Central em  Niterói, integrando um trio com Luiz Eça, Paulo Ney e ele ao contrabaixo. Depois, seu nome começou a aparecer como lider de conjunto, tocando para dançar. Sim, já tinha formado o seu grupo que logo o colocou como o “Rei dos Bailes”. Gravou intensamente tanto como solista ou acompanhando cantores  como Silvio Cesar e Orlandivo. Ed Lincoln faleceu em 16 de julho, aos 80 anos,vitimado por insuficiência respiratória. R.I.P.

5 comentários:

Beto Kessel disse...

Li que a filha de Durval ferreira (Amanda Bravo) estara neste sabado no VIZTA cantando junto com muita gente numa homenagem a Durval Ferreira e Ed Lincoln.

Beto

MaJor disse...

Muitas lembranças do conjunto de Ed Lincoln, muitos bailes, inclusive o meu de formatura no Colégio Militar no Clube Hebráica em Laranjeiras em janeiro de 1962. Ed ao órgão tocava muito bem os suingues com alguma improvisação, claro como todo músico que se preza apreciava o jazz. Em outro baile, no intervalo, eu começando a entrar no jazz, cheguei a conversar um pouco com êle, muito simpático. Grande perda.

Anônimo disse...

Lamentável, mas viveu a vida !
Perda, principalmente para os que "bailaram" ao seu som.

APÓSTOLO

Anônimo disse...

Prezados Senhores,

Realmente triste o desaparecimento de Ed Lincoln.

Permitam-me uma indagação: Ed Lincoln não foi baixista do trio de Dick Farney ?

Obrigado pela atenção,

MaJor disse...

O comentário-pergunta acima não foi assinado, mas Lincoln começou como contrabaixista e trabalhou com Luiz Eça e Dick Farney na década de 50.