Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

E LÁ SE VÃO DEZ ANOS DESTA BRINCADEIRA

10 maio 2012

Tinha me lembrado do fato no mês passado. Porém, foi um comentário do nosso confrade e serviço despertador de plantão, BKessel, que reavivou-me a memória, sem o que talvez só me tocasse daqui a alguns dias.

O blog completa hoje dez anos de existência, de informação, de cultura jazzística e bossa-novística. E faz-se necessário agradecer a quem vem sendo fundamental na sua manutenção, principalmente pelo interesse e pela produção: curiosamente, são  alguns de seus membros menos antigos, notadamente os nossos Mestres MaJor, Llulla e Apóstolo. Secundados, nesse aspecto, pelos decanos Mestres Raf e LOC e então pelos demais Mestres, membros e colaboradores que, quando podem, publicam, comentam ou enviam relatos de suas andanças pelo mundo, atrás dos improvisos e das blue-notes sem os quais as suas vidas não teriam a mesma graça, como é o caso dos nossos viajantes mais constantes Guzz, BraGil e PeWham.

Diga-se que o trajeto até aqui foi muito agradável, as reuniões memoráveis, amizades se fortaleceram e claro, alguns desvios foram inevitáveis, ocasionados pelas vidas profissionais (ou não) de cada um.

As produções musicais, no período mais fértil e prazeroso deste grupo de aficionados, deixaram em todos um ótimo sentimento de ter feito, no Rio de Janeiro, noites de música da mais alta qualidade e relevância, e inigualáveis. Quem teve acesso aos registros que fizemos, mesmo que de forma amadora, pode perceber isso. A nostalgia daqueles momentos é geral e é assunto recorrente nas conversas mantidas nos dias de hoje. Um ótimo sinal de sua qualidade.

Como lançador da idéia e "operador" inicial da transformação de uma simples conversa neste recanto virtual e as suas decorrências, notdamente de ter-se transformado numa referência em língua portuguesa, quero agradecer a todos os Confrades de igual maneira, independente do grau de colaboração atual que, por óbvio, flutua de acordo com as possibilidades de cada um arrumar alguma medida desse bem tão valioso chamado tempo.

Que me parece, é o que mais falta hoje aos confrades Sazz e Bené-X, cujas participações são bem menos frequentes do que já foram. Manim e JoFla ainda trazem, esporadicamente, algumas novidades e contribuições. Eu encho linguiça institucional.

Aos demais confrades, Marcelink, Marcelón, Mestre Goltinho,  PegLu, LaClaudia, MrChimes, I-Vans, Tenencio e Mestre Nels, só posso dizer que estou com muitas saudades de vocês.

Assim, obrigado por estarem "nos registros" desta Confraria.

E parabéns para todos nós pois fizemos por merecer tudo de bom que o CJUB nos trouxe.

Que venham mais dez!

7 comentários:

Anônimo disse...

Prezado MauNah:

Belos 10 anos, justificando o acervo de notícias, comentários, resenhas e reuniões musicais já amealhado (belo nome para marca de pinga de qualidade).
Some-se a tudo isso o mais importante = as amizades (pessoais e/ou virtuais) que, como diz Mestre LULA, só o JAZZ, a "ARTE POPULAR MAIOR", faz.
Que venham mais 10 e outros tantos (forever).

APÓSTOLO

Nelson disse...

Estamos todos de Parabens. Esta felicissima idéia me foi comunicada na noite de apresentação de Bud Shank, na Marina da Gloria (Rio),quando aqui esteve, pelo Mestre Coutinho. Nos nossos alfarrábios jazzisticos, consta o cartão da divulgação do "blog", que por ele, me foi oferecido na ocasião.

"UM VIVA !!!! A TODOS OS CJUBIANOS" e, a você Mauro, um grande abraço pelos 10 anos desta excelente idéia.

"Nels"

llulla disse...

Alô Maunah,
Felizmente ainda temos o CJUB para nos dar o prazer de falar sobre Jazz e conversar com os confrades. Dez anos não são dez dias e porisso estamos todos de parabéns.
abcs.
llulla

MaJor disse...

MauNah sabe que é uma honra participar deste blog e a grande acolhida de todos com as postagens que coloquei e sobre o podcast. Repetindo o Lula estamos todos de parabéns.
Um grande abraço a você e a todos os cjubianos.
Mario Jorge

Beto Kessel disse...

Parabens ao CJUB e a todos nos que compartilhamos a alegria de poder apreciar, dividir, aprender e difundir a musica de qualidade.

Aproveito para lembrar que conversando ontem a noite com Helio Alves e Romero Lubambo, comentei sobre os 10 anos do CJUB e o Helio lembrou daquele show no Mistura Fina (junto com Nilson e Duduka) e mandou um abraco a turma e ao Bene-X. Ja o Romero mandou um grande abraco ao Raffaelli e lembrou que vem ao Brasil em Junho para o Festival de Rio das Ostras e tambem retorna em setembro com a Diane Reeves.

Mais uma vez, da muito orgulho pertencer a esta turma de amantes do Jazz & Bossa.

Beto

Flavio Rez disse...

Parabéns ao blog e a seus idealizadores e fomentadores. Realmente uma das melhores fontes de informação que já vi. Passo sempre por aqui atrás dessas opiniões sempre muito sensatas e úteis.
Sou uma amante do jazz e bossa e, por conseguinte, amante deste espaço.

Que venha outra década !!


Abraços, a todos!

Flavio Rez

Anônimo disse...

Flavio,
obrigado pelos seus comentários. Faça isso, volte sempre e sinta-se à vontade interagindo com a turma. Quem gosta de jazz - via de regra - bom sujeito é!
Abs.
MauNah