Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

MAIS UM FESTIVAL DE JAZZ EM RIO DAS OSTRAS

15 abril 2011

Já começou a divulgação para o “Jazz e Blues Festival de Rio das Ostras”, a se realizar no período de 22 a 26 de junho.

Segundo informações, já estão confirmadas algumas presenças como se segue: Yellow Jackets, Nicholas Payton, Bryan Lee, Azymuth com Leo Gandelman, The Saskia Laroo Band, Tommy Castro, Ricardo Silveira, Medeski Martin & Wood c/ Bill Evans, Jane Monheit, Jose Jonas, Roberto Fonseca, Nuno Mindelis e a Orleans Street Jazz Band.

Como sempre acontece, temos aquela mistura e manda, com gente praticamente desconhecida do grande público. Mas, se fossemos arriscar uma ida a Rio das Ostras, seria para ver e ouvir a encantadora JANE MONHEIT. O resto, para mim, com exceção dos nacionais e de Nicholas Payton e Bill Evans, homônimo do saudoso pianista, são estrangeiros.

Ainda assim, é um evento dito de Jazz, que apesar da mistura, traz sempre figuras de proa, e assim deve ser prestigiado. Ainda bem que não temos Mart’nália ou Elza Soares no elenco. Chega de mediocridade.

2 comentários:

apostolojazz disse...

LULA:

É conveniente não lembrar esses nomes do final de seu post, pois algum iluminado descerebrado pode incluí-los e mudar a programação.

Guzz disse...

querendo ou não, é o maior festival que temos aqui em nosso país, privilégio nosso que está no RJ, falido de grandes eventos.

e sempre traz nomes importantes do jazz, do blues e do bom rock, agrada a todos os públicos, inclusive a mim, são 4 palcos espalhados pela cidade e o som começa de manhã e vai até de noitão e é de graça.

e não teve crise pro festival, enquanto todos fecharam as portas, o Rio das Ostras vai para sua nona edição.

daqui a pouco vou colocar o release de todos os artistas do festival.

abs,