Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

OS IRMÃOS OLES

07 setembro 2010

Bartlomiej Brat Oles é baterista, compositor e produtor. Nasceu em Sosnowiec, ao sul da Polonia, em 4 de janeiro de 73. Fascinado por música desde criança, inicou os estudos musicais aos 13 influenciado pelo pai, contrabaixista, cujo instrumento foi abraçado pelo seu irmão Marcin Oles. Sua admiração pela bateria deu-se por causa de Buddy Rich e descobriu o jazz pela música de Billie Holiday e Charlie Parker nas audições do disco Anthropology para, desde então, estudar a bateria no jazz nos nomes de Elvin Jones, Max Roach, Art Blakey, Tony Williams, Vinnie Colaiuta e Steve Gadd.
Sua música flutua na fronteira do free, sempre ao lado do irmão contrabaixista Marcin Oles.
Em 2005, criaram sua própria gravadora, Fenommedia Records. O trabalho do grupo se enquadra em varias formações, desde duo bateria-contrabaixo com alto grau de virtuosismo, trilhas sonoras e trios geralmente com o sax na linha de frente sem o acompanhamento da base harmônica de um piano ou guitarra. A ousadia do irmão contrabaixista vai mais longe - lançou um CD solo em tributo a Ornette Coleman chamado Ornette on Bass.

Um som moderno, a nova cara do jazz que vem transformando a arte principalmente do outro
lado do continente. E a crítica aplaude, os irmãos foram considerados como 'a rhythmic dream-team' pela JazzZeitung (Alemanha) em 2007.

Vou deixar três temas na radiola - dois em trio formado por Bartlomiej, seu irmão
Marcin e o ilustre pianista Kenny Werner do album Shadows (2006) que foi eleito como o album do ano pela crítica local, os temas Green Water e Shape & Shades; e um tema do CD solo de Marcin Oles - Ornette on Bass (2003), Echoes.





Som na caixa !

3 comentários:

figbatera disse...

Caraca! Que sonzaço!

John Lester disse...

Meu amigo, que negócio é esse? Lembrei até do Bojan Z.

Grande dica!

jorge villas disse...

vou agitar esse cd.......um abraço gente!