Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

45 Anos da "Traditional Jazz Band Brasil"

24 agosto 2009

O concerto de aniversário em comemoração aos 45 de carreira da "Traditional Jazz Band Brasil" ("TJB") já tem data confirmada ! ! !
O show ocorrerá nos dias 19 e 20 de setembro próximos (sábado e domingo), às 21.00 horas, no Theatro São Pedro, em São Paulo (duração aproximada 01,30 hora cada show).
Os músicos da banda prometem para o público apresentações empolgantes e inesquecíveis.
O evento irá contar com a participação de músicos conhecidos do cenário paulistano e da "Jazz singer" Ida Muhlemann, que já participou de apresentações e gravações anteriores da banda.
Na oportunidade, o grupo lançará CD “Traditional Jazz Band – 45 Anos", com 14 faixas, todas com arranjos próprios.
No repertório “Olha o Lado Bom Que A Vida Tem!”, “Since A Fell for You”, “I’ve Found A New Baby”, "As Long As I Live", "Darktown Strutters Ball", entre outras e todas constantes do CD comemorativo.
Representando o Brasil em festivais realizados em todo o mundo, a TJB costuma lotar todas as salas de espetáculo onde quer que se apresente e é considerada pela crítica especializada como um dos mais vigorosos grupos de jazz tradicional em atividade.
Criada em 1964 a Traditional Jazz Band (TJB) conta em sua formação atual com Alcides “Cidão” Lima (bateria e washboard), Edo Callia (piano), Carlos Chaim (contrabaixo), Austin Roberts (trumpete), William Anderson (trombone), Eduardo “Dudu” Bugni (guitarra e banjo) e Marcos Mônaco (sax-tenor e clarinete).
Em paralelo aos shows, a banda desenvolve outros projetos como o “Vamos ao Jazz”, lançado em 1990, com realização de shows semanais.
Além disso, grande turnê pelas principais capitais brasileiras e a gravação de um DVD estão programadas para marcar esta importante data na carreira da TJB. Também na internet a "TJB" está de "cara nova" (consultar "www.traditionaljazzband.com.br").
O Theatro São Pedro fica na Rua Barra Funda, 171 – Barra Funda, com capacidade de 636 lugares.
Informações (11) 3667-0449 ou (11) 3034-5992.
Serviço: Concerto de Aniversário em Comemoração aos 45 anos da Traditional Jazz Band.
Realização: TJB Empreendimentos Artísticos Ltda.
Ingressos: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia).
Venda antecipada: www.ingressorapido.com.br - Cartões Visa e Visa Electron.
Classificação etária: livre.
Estação mais próxima do Metrô: Marechal Deodoro.
Abertura da casa: uma hora antes do espetáculo
Estacionamento: ao lado do Theatro (que não possui convênio com o estacionamento).
Vale a pena, e muito, conferir como os "meninos" da "TJB" esbanjam vitalidade musical mantida nesses 45 anos de estrada ! ! !

3 comentários:

MAJOR disse...

Meu caro Pedro, 45 anos de existência da Traditional é um marco na nossa cultura musical. Executa um Jazz muito gostoso calcado no velho dixieland, é um verdadeiro show com as piadas do Cidão. Um trabalho magnífico, talvez possa comparecer a esta
apresentação. Vou entrar no site e deixar meu abraço à turma.
Mario Jorge

JoFlavio disse...

Mr. Apóstolo.

Por falar em tradicional, fico até com inveja, no bom sentido, dos americanos. É de impressionar o respeito eterno pelos seus artistas, com raras exceções, independente da idade. Acabo de receber o último CD do texano Willie Nelson (76), aquele mesmo da música country, aliás cantando standards da boa música americana. Até aí nada de estranho, a não ser pela produção, via Tommy LiPuma. Sabe lá o que é para um Willie Nelson nessa altura do campeonato chegar ao estúdio e perceber que ao lado, para acompanhá-lo, estão Joe Sample(piano), Christian McBride(baixo) e Lewis Nash(bateria), além de um arranjador como Johnny Mandel?
A propósito, o nome do CD é American Classic, lançado em 25 de agosto, 2009 pela Blue Note (isso mesmo!!!)
Abs.

edú disse...

O Traditional - definitivamente - não é o mais afinado grupo de jazz brasileiro mas certamente o mais simpático e carismático.Deixo uma citação ao fundador do grupo o saxofonista e clarinetista Tito Martino.Willie Nelson fez um disco com Wynton Marsalis anteriormente a esse.Assisti uma reportagem no 60 minutes sobre ele há alguns anos nos EUA.Ele mora num mega trailer - quase uma mansão sobre rodas - em Nashville.Havia perdido sua casa e diversos bens em virtude do recolhimento de mais seis milhões de dólares em impostos atrasados.