Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

JANNE ERSSON

23 agosto 2007

O baterista Janne Ersson nasceu na Suécia em 1946.
Sua fascinação por Buddy Rich começou quando, aos 20 anos, o ouviu com a Swingin' New Big Band e a partir daí tomou a decisão de um dia tocar aquela música, começando os estudos de bateria por 8 horas ao dia.
E não parava de ouvir Louis Bells, Joe Morello, Gene Kruppa e Jo Jones, além de Buddy, claro, seu ídolo.

Sua iniciação musical passou por todos os tipos de música, da dance music ao fusion. O início é sempre "doloroso" até a gente realmente tocar o que gosta. Mas, desapontado com a música que vinha fazendo, começou a trabalhar em escritório de serviços, fora do ambiente musical, para se sustentar e quando a empresa se desfez ele se viu com economias de salário equivalente a 2 anos, o que alimentou novamente seu sonho de montar uma verdadeira big band.
Chamar músicos realmente interessados não foi difícil e finalmente conseguiu montar o grupo, músicos talentosos e com formações distintas, combinação essa que era o grande desafio.
E montou sua big band e ela está aí até hoje ... firme e forte.

Aqui Janne Errson em apresentação de 21 de agosto último (2007) no Théâtre de Verdure, Ramatuelle, France no show em tributo a ele, claro, Buddy Rich. Que show !

A big band é formada por Mikael Högdahl e Urban Johansson alto sax ; Björn Cedergren e Eric Leftig tenor ; Magnus Jönsson baritono ; Jakob Gudmundsson, Klas Nilsson, Patrik Janson, Dan Warvne trompetes ; Magnus Stranne, Markus Ahlberg, David Bystedt, Sixten Hay trombones ; Mikael Björck guitarra ; Per Johansson piano ; Martin Landin baixo elétrico e Janne Ersson bateria e direção.

Deixo aqui 2 temas deste concerto, o tema de abertura Wind Machine e Straight No Chaser, esta, particularmente, uma das mais contagiantes que já ouvi.



Powered by eSnips.com

Nenhum comentário: