Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

02 julho 2017

EM ANDAMENTO MAIOR FESTIVAL DE JAZZ DO MUNDO


 É o Festival Internacional de Jazz de Montreal, os canadenses estão orgulhosos, e para o qual a maior parte do tráfego do centro da cidade está fechado, a fim de levantar vários palcos ao ar livre, e teatros são adicionados, salas de concerto, clubes e estabelecimentos de ensino.
Durante anos, estabeleceu-se como o maior e mais importante festival de jazz da atualidade. Mais de dois milhões de fãs de jazz de todas as idades participam deste evento anual, de mais de 30 países, transformando a cidade em um paraíso musical e amigável.
Classificado como o maior festival de jazz do mundo no Guinness World Records, o Festival Internacional de Jazz de Montreal foi sinônimo de paixão pela música por quase 40 anos. Todos os anos durante 10 dias, a metrópole franco-canadense da América do Norte torna-se o local onde os fãs de todos os tipos de música relacionada ao jazz se entregam em sua forma mais pura. O Festival Internacional de Jazz de Montréal foi fundado em 1979 por Alain Simard, em associação com André Ménard, Denyse McCann e Alain de Grosbois, com o objetivo de levar os melhores músicos do planeta ao público. Uma organização sem fins lucrativos desde 1981, tem como objetivo popularizar o jazz e suas formas musicais relacionadas, graças aos shows ao ar livre e à ampla difusão, além de ser uma grande atração turística para Montreal e um trampolim para seus músicos.
Você pode imaginar como é programar tal evento envolvendo milhares de músicos e de 800 apresentações por 10 dias.
Este ano, centenas não estão incluídas abaixo, porém os mais destacados em ordem alfabética:
Adam Cruz, Adam Roger, Al McLean, Alan Springer, Alfredo Rodríguez, Ambrose Akinmusire, Andrea Lindsay, Arturo Sandoval, Atlantis Jazz Ensemble, Ben Solomon, Big Band Coñege, Big Band Intersection, Big Band Montcalm, Bill Frisell, Bob Dylan, Bria Skonberg, Brian Blade, Buika, Cab Calloway Orchestra, Carla Bley, Carlos Veiga, Catherine Russell, Charles Lloyd, Chiquita Magia, Cheistian McBride, Concept Jazz Big band, Curtis Lundy, Daniel Freedman, Danilo Perez, Dave Douglas, Diana Krall, Dixieland banda, Django Reinhardt todas as estrelas, George Cables, Harold López-Nussa, Hiromi, Ingrid Jensen, Jack DeJohnette, Jane brunnette, Jason Palmer, Jeremy Pelt, Kurt Rosenwinkel, Larry Grenadier, Next Generation Jazz Orchestra, Montreal Dixie, Nicholas Payton, Ravi Coltrane, Robert Glasper, Roberto Fonseca, Robin Eubanks, Rudresh Mahanthappa, Som Peaso, Stankey Clarke, Vijay Iyer, Wallace Roney.
Todas as manhãs, às 11:00, várias big bands de escolas e universidades do Canadá e dos EUA são apresentadas. 
Durante o dia, há também seminários, workshops, debates, palestras e exposições de jazz. 
Todas as noites há inúmeras "jam sessions" em lugares diferentes e imponderáveis.
O festival decorrerá até ao dia 8 deste mês.


(traduzido e adaptado do blog Noticias de Jazz de Pablo Aguirre)

Um comentário:

pedrocardoso@grupolet.com disse...

Estimado MÁRIO JORGE:

E nós óh . . . . . . . .
Abraços,

PEDRO CARDOSO