Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

09 maio 2017

SESSÕES DE GRAVAÇÃO COMPLETAS DE COLTRANE E MONK

 Em 9 de junho, a Concord Music vai lançar para o mercado a coleção completa das únicas gravações feitas em estúdio por John Coltrane e Thelonious Monk juntos em uma edição de luxo com três "LPs" em uma caixa que também traz novas fotografias, folhetos, informações sobre as gravações e um ensaio por Orrin Keepnews, que produziu as sessões originais.
A coleção é chamada "Thelonious Monk and John Coltrane’s Complete 1957 Riverside Recordings"  e haverá uma versão em formato digital.
Este lançamento marca o 100º aniversário do nascimento de Thelonious Monk, mas também o 60º aniversário da primeira apresentação de John Coltrane e Monk no clube de jazz - Five Spot de New York, um dos lugares onde o famoso compositor e pianista Monk fez história por muito tempo.
No passado, foram publicadas muitas gravações deles tocando junto ao vivo ou em estudio, contudo esse lançamento traz as gravações de estúdio totalmente reforçadas com as novas tecnologias de áudio.

(traduzido e adaptado do blog Noticias de Jazz)

Um comentário:

pedrocardoso@grupolet.com disse...

Estimado MÁRIO JORGE:

Excepcional lançamento e, segundo o livro "A Baronesa do JAZZ", na primavera de 1957 MONK recuperou o "cabaret card" e quase imediatamente conseguiu trabalho no "Five Spot Cafe"; a Baronesa decidiu que o piano não era bom o suficiente para MONK e comprou um novo para o clube - MONK iniciou com o valor de US$ 600.00/semana (US$ 225.00 para ele e US$ 375.00 para os 03 músicos acompanhantes, um dos quais o baterista ROY HAINES, selecionado pela Baronesa).
Lugar de muito prestigio à época e as gravações ora lançadas constituem-se em testamento vivo da época.

PEDRO CARDOSO