Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

16 setembro 2014

ADEUS A JOE SAMPLE


O pianista, tecladista e compositor Joe Sample morreu em sua casa em Houston, aos 75 anos devido a  insuficiência cardíaca e câncer de pulmão.
Sample foi co-fundador do The Jazz Crusaders, onde floresceu como solista e compositor. Crusaders foi um grupo de música popular no início de 1970 ficou conhecido por amalgamar jazz, pop, R&B e soul. Desde 1961, mais de quarenta álbuns foram creditados ao grupo (alguns ao vivo e outras compilações), dos quais 19 foram registrados sob o nome  "The Jazz Crusaders" (1961-1970).

Sample evoluiu do hard-bop para formas de rhythm & blues e soul.
Em 1960, após o término de alguns grupos da base de Houston de curta duração chamados The Swingsters e os Hawks Nite, Joe Sample (piano), Stix Hooper (bateria), Wilton Felder (saxofone) e Wayne Henderson (trombone), mudou-para Los Angeles. Depois de mudar o nome para "The Jazz Crusaders", o grupo assinou com a Pacific Jazz Records, onde permaneceriam durante toda a década de 1960.
O grupo encurtou seu nome para "The Crusaders" em 1971, e adotou um estilo jazz-funk, incorporando o baixo elétrico e a guitarra elétrica em suas músicas.
Em 1975, após o lançamento do seu álbum  28 (o seu nono como The Crusaders), Henderson deixou o grupo para seguir uma carreira em tempo integral como produtor. Sua partida criou um vazio, mudando permanentemente o caráter do grupo. Outro membro fundador, Hooper, deixou o grupo em 1983, sinalizando o fim de período mais popular do grupo.
Mais três álbuns foram gravados em meados dos anos 1980; no entanto na década de 1990, The Crusaders, em sua maior parte, tinha se dissolvido, com uma discografia completa.

Joe Sample se apresentou com inúmeros músicos de jazz inclusive de  outras várias tendências em sessões de gravação, turnês e concertos,  incluindo: Quincy Jones, Beach Boys, Kenny Burrell, Eric Clapton , Miles Davis, Marvin Gaye, Milt Jackson, Steely Dan, Joni Mitchell, as Supremes, Rod Stewart, Albert King, Willie Nelson, James Brown, Queen Latifah, Freddie Hubbard, Joe Cocker, Al Jarreau, Aaron Neville, Donald Byrd, o Mamas and the Papas, George Benson, BB King, Buddy Rich, Ella Fitzgerald, dentre outros.
(Adaptado do Noticiero de Jazz)

Nenhum comentário: