Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

22 novembro 2011

MORREU PAUL MOTIAN

Faleceu nesta manhã o fabuloso baterista Paul Motian, um dos maiores de seu instrumento. Com a palavra nossos Mestres, além, claro do Tandeta, para as considerações póstumas. O mundo do jazz está de luto. RIP!

Com o auxílio do Toy Lima, uma lembrança de Motian, durante o Chivas Festival de 2003 com a Electric Bebop Band.

2 comentários:

Andre Tandeta disse...

Sobre Paul Motian :
http://ericocordeiro.blogspot.com/search/label/Paul%20Motian.
Excelente texto do amigo Erico sobre Paul motian, tem um pitaco meu la no meio.
Eu gosto muito , acho que tem contribuição importantissima na evolução da linguagem do jazz no instrumento. Em trio é materia obrigatoria para bateristas ou aspirantes a. Eu destaco 3 coisas em Paul Motian :
1) o uso da bateria como participante de um dialogo com o piano e o baixo.
2)criação de atmosferas musicais com a bateria
3)vassourinhas, um Mestre

figbatera disse...

Falou, tá falado!