Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

21 maio 2010

THE JUBILEE SHOWS # 14


JUBILEE SHOWS foi uma série de programas produzidos pela Armed Forces Radio Service (AFRS) durante a II Guerra Mundial para as estações de rádio e serviços de alto-falantes militares.
Apresentamos parte da edição gravada em 19 de abril 1943 no estúdio-auditório da NBC em Hollywood, Los Angeles.
Nesta audição: LOUIS ARMSTRONG AND HIS ORCHESTRA.
1.ABERTURA – com o tema Great Day (V. Youmans) – locutor Art Gilmore e o Mestre de Cerimônia Ernie "Bubbles" Whitman.

Formação da Orchestra: Louis Armstrong (tp, vcl e líder),Shelton Hemphill, Frank Galbreath, Bernard Flood tp), George Washington, Henderson Chambers, James Whitney (tb), Rupert Cole, Joe Hayman (sa), Joe Garland, Prince Robinson, (st), Luis Russel (pi), Ted Sturgis (bx), Lawrence Lucie (gt) e Henry "Chick" Morrison (bat). Joe Garland arranjador.

2.ONE THE SUNNY SIDE OF THE STREET (Jimmy McHugh / Dorothy Fields) – magnífica canção introduzida no musical da Broadway Lew Leslie's International Revue estrelando Harry Richman e Gertrude Lawrence, em 1930. Tornou-se um clássico do jazz muitas vezes só em interpretações instrumentais sendo as de maior sucesso além desta de Louis Armstrong, as de Ted Lewis, Dave Brubeck, Earl Hines, Benny Goodman, Lionel Hampton, Errol Garner, Dizzy Gillespie, Art Tatum e Count Basie.
3.LEAP FROG (Joe Garland) – tema do saxofonista e compositor Joe Garland autor da famosa In the Mood. Se transformou em grande sucesso da Les Brown Orchestra, tornando-se inclusive seu prefixo, gravada em 1944 e aqui um típico exemplo da contribuição de Armstrong à Era Swing.
4.DEAR OLD SOUTHLAND (Creamer - Layton) – inicialmente gravada por Armstrong em dueto com o pianista Buck Washington em 1930 (Okeh 41454), aqui revivida em arranjo para big band.
5.OLD MAN MOSE (Armstrong – Zilner Randolph) – sucesso gravado por Armstrong (Decca 622) em novembro de 1935, após seu retorno triunfal da excursão à Europa.
6.ENCERRAMENTO – com o tema Great Day pela THE ARMED FORCES RADIO ORCHESTRA.
Fonte: CD - THE JUBILLE SHOWS Vol.7 – produção de Carl. A. Hällström – Storyville Records (501 1007) – Dinamarca – 2002.

3 comentários:

APÓSTOLO disse...

MÁRIO:

O homem sabia das coisas e, não sem motivo, é por todos nós considerado um símbolo do JAZZ.
Que sigam os "Jubilee's" ! ! !

APÓSTOLO disse...

MÁRIO JORGE:

Em tempo = o que LOUIS divide no "On The Sunny.." é pura magia, além do primoroso ataque com seu trumpete.

Nelson disse...

Mário,

O Jeely Roll que me perdoe, mas se o jazz teve algum rei, foi o velho "Pops"
Magnífica postagem.

Keep on going with the "Jubilee's"

Abçs.
Nelson Reis