Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

21 março 2017

MAIS CLÁSSICOS DO JAZZ EM VINIL

A gravadora Savoy desde há alguns meses coloca no mercado novas edições de jazz clássico no formato vinil. Também anunciou que vai continuar o seu plano de publicar novos álbuns "LP" com música de jazz, já que foram bastante saudados no passado. A qualidade do material desses novos "LPs" tornar-se muito melhor, são mais duráveis ​​que os de antigamente, assim não riscam facilmente e não perdem a qualidade de som.
Serão publicados "The Champ", de Dizzy Gillespie; "Blue Lester", com Lester Young e "The Quartet",  com Milt Jackson Quintet.

"The Champ" inclui vários músicos de renome que atuam com Gillespie, incluindo John Coltrane, Percy Heath, Milt Jackson e Wynton Kelly. Em "Blue Lester" há também uma série de músicos famosos, entre os quais Count Basie, Junior Mance, Freddie Greene e Charlie Shavers. "The Quartet”  é constituído pelo núcleo original do Modern Jazz Quartet: Milt Jackson (vib), John Lewis (pi), Percy Heath (bx) e Kenny Clarke (bat).
A data em que estes novos discos de vinil serão lançados - dia 16 de abril a coincidir com o "dia de lojas de discos" que a cada ano se celebra nos dias seguintes.
(traduzido e adaptado do blog Noticas de Jazz de Pablo Aguirre)


Nota: Vinis são colocados para serem vendidos fora das lojas durante o 'Dia da Loja de Disco', em Paris. Mais de 200 lojas independentes de discos participam das comemorações. Vendem discos, mas não apenas, também criam comunidades e redes de partilha de aficionados por discos antigos. Assinala-se a 11a edição do Record Store Day, um dia para celebrar as lojas independentes de discos e a cultura do vinil. Lojas da Europa e EUA comemoram, mas no Brasil..... desconhecemos tal comemoração (ou estamos enganados?)

Um comentário:

pedrocardoso@grupolet.com disse...

Estimado MÁRIO JORGE:

Mais uma demonstração clara de que o "JAZZ MORREU" para os musicalmente inaptos (para os quais o "JAZZ MORREU" desde sempre) - para aqueles que amam a boa música, o "JAZZ VIVE" mais que nunca "and forever".
São re-lançamentos mais que oportunos e, felizmente e sei lá porque cargas d'água, preservei mais de 500 LP's de melhor JAZZ.
Bela notícia ! ! !

PEDRO CARDOSO