Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

19 fevereiro 2017

DAN MORGENSTERN: VIVENDO COM JAZZ























O célebre crítico de jazz e escritor Dan Morgenstern, recentemente publicou um trabalho intitulado "Living With Jazz: A Reader" e foi publicado por Pantheon Books.
Este escritor e comentarista, ex-editor da revista Down Beat, ganhou oito Grammys para as notas escritas em álbuns de jazz e tem sido uma das figuras jornalísticas especializada no jazz, mais importante por cerca de cinco décadas. Atualmente é também o director do respeitado Instituto de Estudos de Jazz da Universidade Rutgers.
A antologia possui 700 páginas incluindo retratos e entrevistas em profundidade feitas ao longo dos anos com a maioria dos principais músicos da história do jazz, bem como ensaios, relatórios, comentários de álbuns e concertos famosos e notas sobre jazz. É uma crônica de pouco mais de meio século do gênero.
Morgenstern era um amigo próximo de figuras como Louis Armstrong e Duke Ellington, entre outros, e mais do que "crítico" no sentido geral da palavra, é um amante do jazz, destacando em toda a sua literatura o aspecto positivo e digno de nota da música de jazz. Ele escolheu ignorar o medíocre e ruim. Devido a isso seus poucos comentários negativos foram imensamente temidos, contudo não foi essa sua tendência como comentarista.
Dan Morgenstern nasceu na Alemanha em 1929 e se mudou para os EUA em 1947. Além da prestigiosa revista Down Beat (que dirigiu) escreveu para a Jazz Journal, Metronome e inúmeros jornais.
Em 2007 ele recebeu o Prêmio Jazz Masters NEA, um dos maiores prestígios de concessões dos EUA.

(traduzido e adaptado do blog Noticias de Jazz de Pablo Aguirre)

Nenhum comentário: