Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

16 fevereiro 2016

ELIANE ELIAS VENCEDORA DO GRAMMY


Em cerimônia de gala na noite passada foi divulgada a lista de vencedores dos prêmios Grammy no campo do jazz, assim como os de outros gêneros musicais foram também anunciados.
O seguinte é a lista de vencedores:

MELHOR ÁLBUM DE JAZZ LATINO
Made In Brasil
Eliane Elias

MELHOR DO JAZZ IMPROVISADO DE SOLO:
Cherokee
Christian McBride,  solo
Álbum: Live At The Village Vanguard (Christian McBride Trio)

MELHOR ÁLBUM VOCAL JAZZ
For One To Love
Cécile McLorin Salvant

MELHOR ÁLBUM INSTRUMENTAL DE JAZZ
Past Present 
John Scofield

MELHOR JAZZ BIG GROUP
A Thompson Campos Maria Schneider Orchestra

MELHOR ÁLBUM INSTRUMENTAL CONTEMPORÂNEO
Sylva Snarky Puppy & Metropole Orkest 

MELHOR COMPOSIÇÃO INSTRUMENTAL
A Suite Jazz Afro Latin
Arturo O'Farrill, compositor (Arturo O'Farrill & The Jazz Orquestra Afro Latin Com Rudresh Mahanthappa) 
Cuba: The Conversation Continues

MELHOR ARRANJO VOCAL E INSTRUMENTAL
Sue (Or In A Season Of Crime)
Maria Schneider, arranjador (David Bowie) - Nothing Has Changed

MELHOR MÚSICA PARA MEIOS DE COMUNICAÇÃO VISUAL
Birdman Antonio Sanchez, compositor

MELHOR ÁLBUM VOCAL DE TRADIÇÃO
The Silver Lining: as canções de Jerome Kern

Tony Bennett & Bill Charlap

2 comentários:

Anônimo disse...

Carreira que merece o "Grammy" e muito mais.
Com um trio de exceção que a acompanha há algum tempo, seria resultado consequente.
Palmas para ela, que merece, com técnica ao piano e muito balanço.

Anônimo disse...

Um feito, sem dúvida. Só acho que como cantora, nossa Eliane é uma excepcional pianista. Mas, a banda toca onde o povo (e o din-din) está.
Parabéns.
Mau Nah