Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

15 janeiro 2016

P O D C A S T # 2 9 2








MÚSICO EM FOCO
FATS NAVARRO






PARA DOWNLOAD DO ÁUDIO CLICAR NO LINK:

http://www113.zippyshare.com/v/7P5Bu8c5/file.html

9 comentários:

pedrocardoso@grupolet.com disse...

Estimado MÁRIO JORGE
Belo foco sobre um dos "GRANDES" que, infelizmente nos deixou tão cedo.
Repertório de alta qualidade com "NAVARRO" em plena forma.
Vamos ao "300" ! ! !
Grato pela boa MÚSICA.

Em tempo: a nova obra de SYLVIO LAGO (Universos do Jazz) é imperdível = 02 volumes que cobrem muito bem os "Universos do Jazz", com texto fluente, correto e mais que universal. Cita MÁRIO JORGE em pelo menos 03 passagens, cita Mestre LULA e HERMAN (coisa de "crew" ? ? ? . . . ). Comprem, leiam e guardem para consultas, pois mais que vale a pena.

MARIO JORGE JACQUES disse...

Pedro foi difícil escolher as músicas para o pod, Navarro tem coisas maravilhosas, mas acho que ficou bem representado.Quanto ao Sylvio reforço que é obra notavel, até postei um anúncio no blog na época que lançou o livro.
Abração

Anônimo disse...

até hoje tinha ouvido muito pouco de Navarro mas o cara era sensacional, valeu Major grande pod
Carlos Lima

Nelson disse...

Meus Amigos,

O ser humano tem "algumas mazelas" que reagem, curiosamente, na sua existência. Assim, a MISÉRIA trás a TRISTEZA que, quando juntas, criam ARTE, nos seres mais sensíveis. Mas, irremediavelmente, deixam sua marca degradante, mesmo na genialidade, possivelmente advinda. Grandes músicos, pintores e escultores que se conhecem pela sua "arte genial" sucumbiram ao vício.
A América dos anos 40 viveu uma miséria, inflação e, adicionalmente, a entrada - obrigatória - numa "outra Guerra Mundial"(1941 a 1945).
Assim, os músicos que viveram e criaram o "bebop", se afundaram no vício das drogas pesadas. Alguns sobreviveram para verem dias melhores do "New Deal" de Roosevelt, que fizeram os "anos 50" um "paraízo americano".
Fats Navarro, um "bopper" por excelência, não chegou a ver isso. Em 50, com 26 anos deixou excelências como as que Mário aqui nos apresenta. É a época "straight jazz". Navarro abre caminho para um Clifford Brown, que viria a ser o elemento de ligação para o estilo
"hard bop". Como Parker, também sequer conheceu o sistema "alta fidelidade". Reparem como as faixas aqui apresentadas são um tanto curtas, mas espetaculares.
Fats Navarro morreu precocemente. Mas como Lee Morgan, o jazz deve muito a eles.

À vc.amigo Major, o meu muito obrigado. Falta pouco para "as 300" do "pod CJUB"
Abçs.

"Nels"

MARIO JORGE JACQUES disse...

Caro Nelson excelentes observações poderia até ampliar o assunto e virar uma postagem sobre drogas e músicos, aliás sentimos falta de suas matérias, afinal vc é um EDITOR caramba!!!
O amigo Pedro tb parou de postar. Ajudem não sou dono do blog já que outros supostos colaboradores não postam fico sozinho nesta empreitada, gratificante, mas temos que manter variedades de matérias no blog porque é bastante acessado.
Em tempo recado tb para o fraterno Tibau, alô Tibau!!!
Abraços

Nelson disse...

Marão,

Estou "cevando" aqui algo para publicação que já passou da fase "embrionária". Como de habito, contarei com seus préstimos de "ilustração" e "edição". Mas.....de-me mais um tempo, porque "a cigana me enganou". Estou com saudade dos tempos em que estava trabalhando de paletó e gravata todos os dias. Trabalhar para a família, fez do meu "descanso de aposentado" um ledo engano.

Abçs.
"Nels"

pedrocardoso@grupolet.com disse...

Estimados MÁRIO JORGE e NELSON:

Antes de mais nada e como o grande NELSON sempre foi frequentador assíduo da "praia" da ARTE POPULAR MAIOR, o imortal e sempre culto JAZZ, assino seus comentários que pulsam nos acordes dos grandes músicos, alguns devastados pela m...............da droga.
Quanto aos meus comentários, mais que estimado MÁRIO JORGE e apesar de suas permanentes orientações, não consigo acessar o blog, já tendo preparadas mais de 30 postagens sobre os "PIANISTAS"..............coisas de incompetência aos 81,5 anos. Fazer o quê ? ? ? ! ! ! . . .

MARIO JORGE JACQUES disse...

Pedro vc não consegue abrir o site do blogger ou o problema é com a senha?

pedrocardoso@grupolet.com disse...

Tenho dúvidas quanto à senha, pois as que você me forneceu até o momento abrem um blogger com meu nome...........................