Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

23 outubro 2015

P O D C A S T # 2 8 0

ART PEPPER
BRYAN LYNCH

EUMIR DEODATO
MEMPHIS SLIM



PARA DOWNLOAD DO ÁUDIO CLICAR NO HYPERLINK ABAIXO:

http://www96.zippyshare.com/v/CyQ1B2Nf/file.html

Um comentário:

Nelson disse...

Meus prezados confrades.

De fato, no dia em que iria se apresentar o Art Farmer, no Free Jazz, a abertura ficou por conta de um "grupo de chorinho". A organização e produção do espetáculo, julgou faze-lo, por achar que "o chorinho é o jazz brasileiro", coisa que nós sabemos que, apesar do elemento "improvisação " estar presente em ambos, trata-se de coisa distinta. Outrossim, a título de inovação, por haverem transferido de local de apresentações do finado e tradicional Hotel Nacional para o Museu de Arte Moderna, onde tinha-se "um ambiente de plateia" para o agora de "música com serviço de refeição" foi um desastre.
Tal fato, foi o sepulcro do grupo de chorinho, visto que na hora de um "break" de solo, o barman de serviço resolveu misturar bebida numa coqueteleira com gelo picado. O solista ficou vendo "melar" a apresentação, seguida de gritos da plateia.
Bem... tudo foi redimido, posteriormente, porque foi suspenso o serviço de comestíveis e bebidas durante - obviamente - a apresentação de Farmer.
É um velho ditado:
"Cães e gatos, nem sempre, se misturam"
Ainda mais, com um "barman" desastroso.

A você, Mário, obrigado por mais uma tarde de sexta de seu bom e habitual jazz neste "podcast"

A todos, um abraço

"Nels"