Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

11 fevereiro 2015

NOVO COLABORADOR

TEMOS O PRAZER DE APRESENTAR O NOVO COLABORADOR

 CARLOS AUGUSTO TIBAU  


JAZZÓFILO DE LONGA DATA COM MUITA VIVÊNCIA E CONHECIMENTO DO MUNDO

 MARAVILHOSO DO JAZZ E BOSSA NOVA. COM CERTEZA VAI ENRIQUECER NOSSAS

POSTAGENS.



6 comentários:

Nelson disse...

Excelente presença no blog, do amigo de priscas eras, hoje também um "gourmet"diplomado.
Suas contribuições serão prestimosas como os "trios de bossa-nova" e, do seu excelente acervo e conecimento jazzistico.

Parabéns a ao Tibáu e ao CJUB pela presença dele ora mais constante aqui conosco.
A todos, um abraço do

"Nels"

APÓSTOLO disse...

Excelente nova, com a entrada em cena de um grande amigo e conhecedor da "matéria".
Seja bem-vindo e que venham postagens ! ! !

Tibau disse...

Queridos amigos Nelson e Apostolo.
Muito importante para mim estas palavras de boas-vindas e cheio de carinho.
Muito obrigado.
Forte abraço.

Edison Junior disse...

Bem vindo!

Beto Kessel disse...

Desde ja minhas boas vindas! Abracos Beto Kessel

Anônimo disse...

Prezado Tibau,

recebi em plena viagem de férias, um email do MaJor perguntando se tinha algum problema em convidá-lo a expor aqui suas idéias sobre Jazz. Não apenas o incentivei que o fizesse o quanto antes e já fiquei contente de, ao chegar, já encontrá-lo "na função"! E com um acervo tão interessante, dessas verdadeiras obras de arte. Lembro-me de, ainda muito pequeno, ficar olhando as capas do Miró para os discos do Brubeck, e como tudo se fundia numa ótima sensação, musical/artística, e ao mesmo tempo, na minha cabeça.

Benvindíssimo, e que possamos com sua vinda dar um pouco mais de dinamismo ao blog do CJUB.

Eu mesmo, muito devedor de material para postar. Coisas da fase da vida.

A casa é sua. Grande abraço.

MauNah