Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

13 maio 2014

NADA A VER COM O JAZZ, EXCETO NOSSO CONFRADE

Na coluna do Renato Maurício Prado de hoje, no O Globo, está a seguinte historinha, protagonizada pelo nosso inefável Sazz, ali referido como José Sá, e, em tudo, a cara dele. 

Canhota cega

Pelada no clube dos 30, em São Conrado, uma bola alta cruza a área e encontra o economista José Sá livre, praticamente em frente ao goleiro. Ele mata com a esquerda e fuzila de direita. Golaço! Atrás do gol, gozador como de hábito, Paulo César Lima, o PC Caju, campeão do mundo, em 70, dispara:

— Ô Sá, era pra ter chutado direto de canhota!

O artilheiro não perde a pose e devolve:

— Ô PC se minha canhota não fosse cega, eu teria sido tri mundial no México, no seu lugar...

2 comentários:

Beto Kessel disse...

Sazzinho tirou onda

apostolojazz disse...

Quem é PC Cajú ? ? ?
Viva o SÁ ! ! !