Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

27 setembro 2012

CONVITE E OUTRAS COISAS

Através de amigo comum Ney Murce, produtor e diretor musical(Projeto Brahma entre outros) soube que o grande escritor JOÃO UBALDO RIBEIRO, também jazzófilo e seguidor deste blog, gostaria de participar do mesmo, o que, além de uma honra, enriqueceria ainda mais o CJUB.

Portanto venho aqui já tomando a liberdade de solicitar com enorme prazer, ao nosso editor Maunah, para fazer o devido convite ao João Ubaldo afim de ingressar no time do CJUB.
Acho,. inclusive, mais do que motivo para um encontro/reunião futura.

Ontem estive com Bragil e Gerarod presente na ótima apresentação da Dianne Reeves no Oi Casa Grande, cabendo registrar que simplesmente o Romero Lubambo roubou o espetáculo e hoje posso dizer que na minha opinião e com plena certeza, ser o Romero o maior violonista vivo da atual musica contemporanea.

Como na coluna anterior dei a dica de alguns cds (lançamentos) repito o mesmo, agora com os seguintes, sem ordem de preferência, a saber:
1) Duduka da Fonseca Quintet "Samba Jazz - Jazz Samba" (Anzic), grande cd do dínamo das baquetas (segundo mestre RAF), com incrível participação da Anat Cohen, tocando muito, além do Helio Alves, Leonardo Cioglia e Guilherme Monteiro.
2) Anat Cohen "Claroscuro" (Anzic), destaque para As Rosas Não Falam (Cartola), Tudo Que Você Podia Ser (Milton) e Um a Zero (Pixinguinha); com Jason Lindner (p), Joe Martin (b), Daniel Freedman (ds) e Wycliffe Gordon (tb &voc)
3) Marc Johnson e Eliane Elias "Swept Away" (ECM), com participação de Joe Lovano, lindo trabalho.
4) Brad Mehldau Trio "Where do You Start" com os parceiros de sempre Larry Grenadier (b) e Jeff Ballard (ds), mais um do Mehldau para as listas de melhores do ano.

Finalmente comunico que estarei embarcando na próxima semana para mais uma temporada pelos clubes de N.York, prometendo um relato das atrações na grande maçã.

Até a volta ! ! !

Sázz

5 comentários:

Beto Kessel disse...

Sazzinho,

Tambem estive no show da Dianne e do Romero, so que na segunda feira. Showzaço e concordo contigo, Romero está sobrando...Toca uma enormidade.

Boa viagem e otimos shows na big apple.

Abraços,

Beto

MauNah disse...

Sazz,
notícia literalmente de primeira página, a desse interesse do João Ubaldo.
Será obviamente um grande prazer tê-lo no time, sem nenhuma dúvida, e só não o convido "ontem" porque preciso de um email dele para isso.
Peço, então, a você (ou a ele mesmo, caso leia isto antes) que me envie via email o endereço eletrônico do ilustríssimo escritor baiano.
Já antevejo uma mesa CJUBiana com essa personalidade admirável, tratando do assunto que mais gostamos, ao longo de uns sucos de fruta para quem precisa e de algumas horas de Juanito enfileiradas, para quem pode.
O meu email para isso é: .
Abraços!

MauNah disse...

Faltou o email no comentário anterior:
"easygo arroba uol ponro com ponto beerre" (assim grafado por conta dos leitores automaticos que roubam para enviar spam).
Abraços.

Anônimo disse...

Prezados CJUBIANOS:

João Ubaldo Ribeiro, acadêmico há 19 anos, torna desnecessária quaisquer defesas em processos de admissão (advogado pós-graduado dispensa serviços menos aptos que os próprios), sendo merecedor de um imenso "VIVA" por ser "POVO BRASILEIRO".
Aleluia para mais um CJUBAIANO de boa cepa, que com certeza muito irá valorizar nosso espaço.

APÓSTOLO

BraGil disse...

Concordo com o Sazz em relação ao Lubambo. Cada dia toca mais!
Quanto a D.Reeves, discordo. Achei o show muito "Over", muito mais para "World Music" do que p'ra Jazz.@@@
Bragil