Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

13 maio 2012

IMPRESSOES E EMOCOES DA SEMANA NA CAPITAL MUNDIAL DO JAZZ

Gostaria de compartilhar com todos os amantes do jazz as impressoes, emocoes e achados na ultima semana em que estive na capital mundial do jazz. O preparativo comecou antes ao estudar o que a cena jazzistica prometia para esta primeira semana de maio, e a escolha da primeira das 4 noites (das 7 em que fiquei na cidade) comecou no belissimo Lincoln center (Sala Avery Hall) com tres dos grupos jovens que mais se destacaram no concurso anual promovido pelo JALC, tocando a musica de Duke Ellington no evento ESSENCIALLY ELLINGTON. Deu gosto ver a garotada manter a chama do Jazz, e ao final ver subir ao palco a Jazz ate The Lincoln center Orchestra, com o ainda "young Lion" WYNTON MARSALIS. Noite de ouro para comecar a deliciosa maratona jazzistica na big apple. Na segunda a noite, parece que o tiro foi certeiro, piis ao buscar um dos mais de 50 locais que oferecem otima musica, fui acabar no 802 (onde fica o sindicato dos musicos), que tem todas as segundas feiras um Jam Session chamada Jazz foundation jam session, com portas abertas, onde os musicos vao chegando, colocando o nome numa lista e sendo chamados ao palco. La assisti a cerca de duas horas do mais delicioso Jazz, feito por musicos que adoram o que fazem, com direito a Bluesette e Have you met ms jones. Na terceira jornada retornei ao clube de jazz Birdland (onde havia estado em 2011) para assistir ao otimo trio do pianista STEVE KUHN, acompanhado de Steve Swallow ao baixo e Joey Baron a bateria, no lancamento do novo album Whisteria. Steve e um pianista com tecnica refinada e som elegante, e ao final o trio quebrou tudo num tema em andamento rapidissimo, que deixou a plateia presente eletrizada. Na quarta e ultima sessao, fui conhecer o Kitano, clube dejazz belissimo, pequeno e aconchegante na esquina da Park Avenue com 38, no hotel de mesmo nome. La pude ouvir a cantora Tomoko Miyake, acompanhada simplesmente de ROMERO LUBAMBO e HELIO ALVES. Um daqueles shows inesqueciveis pela atmosfera do local, da voz da jovem cantora, dos virtuoses Romero e Helio, e pela possibilidade de lembrar com Romero dos tempos (inicio dos anos 80)em que ele tocava aqui em Laranjeiras na casa O Viro da Ipiranga (hoje Severina), de relembrar com o Helio Alves do ultimo show que assistimos por aqui do Brazilian Jazz Trio (com Nilson matta e Duduka da Fonseca), cujo som arrepiou os ouvintes num concerto do CJUB no finado Mistura Fina ha uns 6 anos atras). Lembrei ao Romero e ao Helio depois do show que neste 10 de maio o CJUB comemorava os 10 anos. Enfim, momentos de muita emocao ao ouvir ao vivo tanta musica boa nesta ultima semana. Esta e a minha New York, a new York do Jazz !!! Beto

4 comentários:

Beto Kessel disse...

Tomoko Myiata...correcao...

Beto

Nelson disse...

"Happiness is a thing called Jazz"
Enjoy it anytime and anywhere

Regards

"Nels"

MaJor disse...

BETO, BELEZA DE PROGRAMAÇÃO....DÁ ÁGUA NA BOCA OU MELHR NOS OLHOS E OUVÍDOS!

Anônimo disse...

Prezado BETO:

Você merece ! ! !
Aproveite, sempre...

APÓSTOLO