Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

23 janeiro 2012

JAZZTIMES "THE YEAR IN REVIEW"

É, volto as listas para os que gostam pois sei que muitos não e espero que o mais novo vovô cejubiano "Maunah" não a repita depois.
Enfim na edição de Fevereiro 2012 a JazzTimes publica os 50 top cd's de 2011, além da indicação dos leitores dos melhores do ano, que vou aqui apresentar alguns ok.

CD'S ( Critics, Picks - os 10 primeiros):

1º Sonny Rollins "Road Shows Vol. 2" ( Emarcy )
2º Joe Lovano "Bird Songs" ( Blue Note )
3º Ambrose Akinmusire "When the Heart Emerges" ( Blue Note )
4º Lee Konitz/Brad Mehldau/ Charlie Haden & Paul Motian "Live at Birdland" ( ECM )
5º Miguel Zenon "Alma Adentro" ( Marsalis )
6º Charles Lloyd / Maria Farantouri "Athens Concert" ( ECM )
7º JD Allen Trio "Victory !" ( Sunnyside )
8º Craig Taborn "Avenging Angel" ( ECM )
9º Keith Jarrett "Rio" ( ECM )
10ºRoy Haynes "Roy-Alty" ( Dreyfus )

Agora os musicos indicados pelos leitores;

Artista do Ano - Sonny Rollins
Melhor Grupo Acústico - Joe Lovano Us Five
Melhor Grupo Elétrico - Yellowjackets
Melhor Big Band - Maria Schneider Orchestra
Trumpete - Wynton Marsalis
Trombone - Steve Turre
Tenor - Sonny Rollins
Alto - Phil Woods
Soprano - Wayne Shorter
Baritono - Gary Smulyan
Clarinete - Anat Cohen
Flauta - Nicole Mitchell
Piano - Keith Jarrett
Piano Elétrico - Chick Corea
Orgão - Joey DeFrancesco
Guitarra - Pat Metheny
Contra baixo - Christian McBride
Baixo Elétrico - Stanley Clarke
Vibrafone - Gary Burton
Bateria - Roy Haynes
Percussão - Poncho Sanchez
Cantor - Kurt Elling
Cantora - Dianne Reeves
Grupo Vocal - Take 6
Revelação - Ambrose Akinmusire
Melhor Gravadora - Mack Avenue
Melhor Festival - Newport Jazz
Melhor Nightclub - Village Vanguard
Melhor Filme/TV - Treme ( HBO )
Melhor Livro - Norman Granz "The Man Who Used Jazz For Justice"

E o resto só aquela velha teoria " quem não gosta de Jazz, bom sujeito pode não ser, é ruim da cabeça ou não lhe foi dado conhecer "

Valeu e fui !

2 comentários:

Bene-X disse...

Avisei que o registro do Jarret no Rio vinha pra fazer história. Abs,,

Andre Tandeta disse...

Enquanto estiver tocando, quer dizer,enquanto for vivo, Roy Haynes sera sempre THE BEST.Com todo o respeito, o passado, o presente e o futuro da bateria no jazz passam , obrigatoriamente , por Roy Haynes.
E quem pensa diferente é porque não conhece nada de bateria no jazz.Tenho dito.