Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

27 julho 2011

CLARK TERRY NO CINEMA

Os cineastas australianos Alan Hicks e Adam Hart estão finalizando um documentário sobre o trompetista Clark Terry, que levará o título “Keep on keepin’ on”. A tradução seria “continua continuando”, expressão usada por Terry durante décadas para inspirar e incentivar estudantes e seus colegas músicos.

O músico, hoje com 90 anos, já recebeu muitos prêmios e honrarias em sua carreira, entre os quais um “Grammy” e a nomeação para membro da N.E.A., a “National Endowment for the Arts”.

2 comentários:

José Domingos Raffaelli disse...

Salve Llulla,

No You Tube há um filme com o sexteto de Count Basie de 1950, com Clark Terry, o fabuloso Wardell Gray - um dos maiores underrateds de todos os tempos -, Buddy De Franco, Freddie Green, baixista que não identifiquei e Gus Johnson (bateria).

Eles tocam One O'Clock Jump e, no solo de Clark Terry junto ao piano de Basie, ele literalmente "fala" com seu líder em meio à sua improvisação. Imperdível...

Keep swinging,
Raffa

APÓSTOLO disse...

Mestre LULA:

Clark Terry é figura seminal no JAZZ = técnicas de digitação, de respiração circular, de fraseado irrepreensível, de "estrada", enfim, um "master" a merecer todas as homenagens, mais ainda aproveitando que ainda nos faz companhia aquí no "mundico".