Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

11 setembro 2010

Shelly Manne and His Men - 'What is this thing called love' on Frankly Jazz

Asssim e' que e' !
Um dos maiores Mestres da bateria no jazz aqui simplesmente dando uma aula de como tocar bateria com vassourinhas. Bom sabado .

4 comentários:

Andre Tandeta disse...

E a pergunta que não quer calar:what is this thing called love? Quem souber definir com concisão, por favor, divida conosco. A unica coisa que posso dizer e' que eu amo tocar com vassourinhas,acho que ja e' um começo.

Salsa disse...

esse programa é maneiríssimo e manne é fenomenal.

APÓSTOLO disse...

TANDETA:

"Love is" Richie Kamuka no tenor, com impressionante lirismo, mesmo em "up tempo".
Essa formação de Manne é uma de suas melhores, com Conte em forma.
Manne sabia tudo e essa execução com as vassourinhas são apenas mais uma de suas técnicas superiores.

Nelson Reis disse...

Confrade Tandeta,

"Love is a thing called JAZZ"

Tem muitos confrades jazzisticos, que comungam com a frase:

"SE NÃO FOSSE O JAZZ, EU JÁ ESTARIA MORTO"

E "VIVA UM DOS MAIORES BATERISTAS QUE O JAZZ JÁ PRODUZIU, ZIU,ZIU"

"MR.SELDOM MANNE" "Shelly" for the most intimates.

Nelson Reis