Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

12 janeiro 2010

O CEMITÉRIO DO JAZZ É AQUI !


Em março de 2008, o Instituto Brasilis (Tom Brasil, Vivo Rio etc.) venceu a licitação para assumir o prédio do antigo Automóvel Clube. Claro, o povo do Jazz vibrou, pois pela primeira vez o Rio de Janeiro, conforme planejado, teria um verdadeiro Clubes de Jazz, nos moldes dos mais famosos do mundo. Imaginem aproveitar todo aquele espaço com uma cultura musical como o Jazz, coisa até então inédita desde os tempos de Estácio de Sá. Obviamente o outro lado logo se manifestou e o projeto teve que enfrentar uma guerra judicial. Problema resolvido, surge a figura da secretária de cultura, Jandira Feghali, para "negociar" com o grupo vencedor uma mudança no projeto inicial. Isso significa incluir atividades destinadas ao público jovem, o que para nós é simplesmente a inclusão do rock, reggae, hip hop, rap e outros rótulos ligados a sub-música. Podem esquecer o "Clube de Jazz". Segundo a secretária, "o importante é valorizar a história do prédio". Se é assim......

Um comentário:

APÓSTOLO disse...

Mestre LULA:

E você esperava o quê ? ? ?
E se algum "atrevido" se dispuzer a implantar e administrar um verdadeiro "Clube de Jazz" em qualquer lugar do Brasil, com certeza estará incurso em alguma das cláusulas do "secreto-sic- dos direitos humanos", que o possa banir, assim como esse tipo de iniciativa espúria. E o pResidente o assinará, sem ler, para gaudio dos funqueiros e outros integrantes da Academia Brasileira das Nulidades.
Brasil ? ? ? ......