Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

29 janeiro 2010

MUSEU DE CERA # 68 - SÉRIE VINIL (6)



Série dedicada a LPs reeditados digitalmente em computador.


ÁLBUM: THE BLUE BECHET – RCA VICTOR – LPV-535 - VINTAGE SERIES – 1966 N.Y. - USA

Ladnier......................Bechet
Em 1932, três anos antes da forma swing surgir como uma nova escola do Jazz, Sidney Bechet e o trompetista Tommy Ladnier organizaram os New Orleans Feetwarmers – NOF grupo de músicos filiados a escola tradicional do Jazz de New Orleans. Seu primeiro compromisso foi no Harlem's Savoy Ballroom em setembro.
Logo em seguida a Victor os contratou para gravações no selo Bluebird um race catalog gerando inicialmente 3 sessões.
I've Found a New Baby canção escrita para a cantora Josephine Baker em Paris e os NOF a executaram soberbamente com solos de Ladnier e do pianista Duncan. Lay Your Racket um original de Bechet e vocalizada por Billy Maxey e finalmente Shag com um solo do trompete assurdinado de Ladnier e um scat vocal pelo baixista Ernest Myers.
Em todas as 3 execuções Bechet está magnífico ao sax soprano a denominada "clarineta de lata" como os músicos da época gozavam Bechet que adotara tal instrumento ainda um tanto desconhecido na América do Norte (pelos músicos sulinos) ao viajar à Europa em 1919 com a Will Marion Cook's Southern Syncopated Orchestra.
O grupo contava ainda com o excelente trompetista Tommy Ladnier (1900-1939) possuidor de extrema potência sonora com bela e pura sonoridade e grande simplicidade na invenção melódica e muito swing, formando com Armstrong e King Oliver os maiores no instrumento. Infelizmente de curta carreira vindo a falecer com apenas 39 anos.
Sidney Bechet (1897-1959) aos 6 anos já dominava o clarinete, nascido e criado em New Orleans incorporou suas raízes musicais no blues tornando-se conhecido como um dos maiores instrumentistas ao interpretá-los de forma dinâmica, porém com muito sentimento. Em sua infância na comunidade em que viveu ouviu muitas worksongs, fields hollers e spirituals e constantemente as brass bands da cidade tendo afirmado que não perdia uma street parade ou um belo funeral.

NEW ORLEANS FEETWARMERSSidney Bechet (sax soprano e lider), Tommy Ladnier (tp), Teddy Nixon (tb), Hank Duncan (pi), Ernest Myers (bx), Morris Morland (bat).

I'VE FOUND A NEW BABY (Spencer Williams - Jack Palmer) – BS-73400-1
LAY YOUR RACKET (Bechet – Billy Maxey) – BS- 73501-1, vocal por Billy Maxey
SHAG (Bechet) – BS 73503-1 – vocal por Ernest Myers.
Todas as gravações de 15/set/1932

No podcast abaixo as 3 gloriosas sessões.



Tempo total: 9:31min

NOTA: O provedor que hospeda nossos podcast – GCast informa que a partir de fevereiro não mais disponibilizará gravações em MP3 e no momento não temos outro provedor disponível. Temo que este seja o último Museu de Cera pelo menos até que possamos postar músicas no blog de alguma outra forma.

Um comentário:

APÓSTOLO disse...

Prezado MÁRIO:

Um senhor "swing", irresistível, com solos superlativos de músicos que dominavam seus instrumentos e fixaram as bases.
BECHET solando "redondo", DUNCAN perfeito e LADNIER "blowing in the air".
A animação do grupo é "o clima".
Bela resenha.