Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

13 outubro 2009

FLAVIO BOLTRO

Quem não resiste a um blues ?
Bom, quando o assunto é a música dos músicos isso é assunto sagrado. Aliás, todo mundo devia ter um blues correndo no sangue.
Mesmo tendo sua forma condenada no início do século passado às profundezas do inferno, o blues é a raiz de tudo de bom que a gente ouve, do jazz ao rock.

Quantos músicos de jazz fizeram trabalhos com essa voz única – Coltrane, Coleman Hawkings, Miles, Jackie McLean, Horace Silver, entre tantos outros.

E o nome em destaque aqui é do trompetista Flavio Boltro a frente de um quinteto em uma homenagem ao selo Blue Note e uma referência ao blues, com uma abordagem moderna, é verdade, mas com a pura essência.

Flavio Boltro é daqueles trompetistas de sopro vibrante, enérgico, bem bop. Ele arregalou os olhos de Wynton Marsalis e tenho certeza que vai agradar a quem passa por aqui.
Neste CD lançado na Italia em 87' participam Michele Bozza tenor, Piero Bassini piano, Riccardo Fioravanti contrabaixo e Giampiero Prina bateria.
Esses nomes do jazz italiano, e os europeus em geral, estão mesmo aí para intimidar os americanos, sem competição, mas para mostrar que o jazz atravessa as fronteiras e não deixa espaço vazio.

Dois temas na radiola - Paulermin's Blues e Step's Blues
Som na caixa !

4 comentários:

MaJor disse...

Muito bom Guzz, gostei. Só conhecia Boltro de uma faixa - Tea on the Sahara no CD Blue Note Plays Sting. Essas 2 são melhores. Valeu.

Andre Tandeta disse...

Excelente !!!!
Grandes musicos e super bem gravado.
Os italianos são danados,deve ser o macarrão.
Parabens ,Guzz!
Abraço

figbatera disse...

Beleza, Guzz, gostei muito!
Ainda não conhecia essaas "feras".

Salsa disse...

Grande Guzz. Eu não resisto ao blues. E o pessoal mandou bem.